13 abril 2015

/

Volta ao trabalho e o quase desmame

15 comentários:

  1. Dani, como sempre, eu teria tanto a dizer!
    Sempre repito o quanto me vejo na sua trajetória. O quanto sonho com uma segunda filha (ou filho!) e, além de dobrar o amor, poder também me redimir, principalmente, na amamentação!

    Olha! Eu tinha pouco leite, mas amamentava mais do que complementava. No dia seguinte a um grande estresse, meu leite secou. Tudinho! Eu ordenhava e não saía nenhuma gotinha.

    Coragem! Você vai conseguir!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Primeiro relato de quase desmame aos SEIS MESES que leio! Quata determinação! E a melhor parte foi "eu não tenho nada com o que é feito na casa dos outros..." - hahahahahaha! E não é?
    Parabéns, parabéns! Pela força - sua e de sua família toda, empenhada nisso!
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  3. Não tenho dúvidas que vai conseguir, Dani. Você é muito guerreira! Sua história com a amamentação, sua luta, suas vitórias, são inspiradoras. Certamente muitas já teriam desistido diante de tantos percalços. Parabéns, mesmo. Vou acompanhando e torcendo daqui!
    beijo

    ResponderExcluir
  4. Parabéns!
    Sou da mesma opinião.
    Meu filho vai fazer 7 meses e já estou sofrendo agora imaginando quando será o desmame dele... é um vínculo inexplicável né? AMO!
    Por aqui as plasticudas fazem o seu papel, e por enquanto não houve confusão de bicos. Uso chupeta e mamadeira da MAM (chupeta modelo Perfect) que os dentistas dizem ser o modelo mais adequado e que imita mais o seio. Vamos ver... por enquanto está tudo bem.
    Boa sorte pra você e vida longa à amamentação!
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o seu texto. Acho que confusão de bicos não acontece com todos os bebês. Voltei a trabalhar em fevereiro e minha filha com 6 meses foi para o berçário no período integral. Eu sofri muito e ela super adaptou e ama a escolinha. Até ir à escola era peito em livre demanda e hj ela come de tudo e mama mamadeira de manhã e a noite e ainda mama no peito a madrugada e aos finais de semana. E graças a Deus continua mamando super bem no peito e tb aceita qualquer mamadeira com qualquer leite artificial (testei Nan, aptamil, milupa, enfamil, nestogeno).
    beijos
    olivia

    ResponderExcluir
  6. Eita mulher de peito!!!
    Quanta força, quanta determinação, quanta vontade!!! (do amor eu nem falo, pq esse é óbvio e admirável!)

    Sou sua fã, Dani!!!
    Fiquei lembrando da nossa conversa, da importância que isso tudo tem pra vc, dos perrengues do caminho...e comemoro com vc cada dia a mais "mamado"!
    Vcs duas juntas (ou vcs 5, pq o time que formam com Lalá, marido e sua mãe é incrível!) podem muito mais! Vocês vão longe - na amamentação e na vida!! srs

    Beijo enorme!

    ResponderExcluir
  7. Seus relatos com a amamentação são sempre emocionantes e inspiradores por conta dessa garra que você sempre demonstra! Parabéns por vencer um enorme desafio!!! Eu não sei como será com o baby que está chegando, mas espero que seja melhor do que foi com o Dan que desmamou aos 4,5 meses por falta de leite devido a um grande estresse. Espero poder contar outra historia, da mesma forma que já estou vivenciando uma experiência completamente nova nesta gravidez. Acho que é meio assim: cada filho, uma sentença...hahahahahahahahaha
    Bjks aí!!!

    ResponderExcluir
  8. Poxa, Dani...

    É sempre enriquecedor vir aqui e ler seus posts!
    Lembro que passei o maior perrengue com a minha filha (hoje com 2 anos e meio) no quesito amamentação! Não foi nada fácil, mas venci! E ler suas vitórias me deixa super feliz, afinal vc venceu também!

    Parabéns pelo empoderamento!!

    Beijos,

    Mãe e Mel

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo esforço! Com certeza vc vai conseguir. Depois nos conte se deu tudo certo.
    Ah! E a Laura? Está bem?
    Sei que com essa correria é difícil atualizar, mas sempre passo por aqui para ver se tem post novo.
    Bjs, Monica - mmakawetskas@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Já falei em mensagens, e-mail, verbalmente, mas precisava vir aqui dizer o quanto te admiro por essa conquista. E o mais legal, não é orgulho envolvido do tipo 'preciso mostrar que sou fodona'.....é amor envolvido, é saber o que é melhor pra sua filha, é aceitar que a Dani de hoje se informou e se empoderou pra bancar a amamentação da Helena, mas agradecendo à Dani de ontem (4 anos atrás na verdade) porque graças a ela Laura teve o melhor dentro daquilo que ela podia dar. Helena e Laura têm uma mãe de verdade, real, com todo seu amor e suas dores reais. Sou sua fã chuchu.

    ResponderExcluir
  11. Dani, que bom que vocês conseguiram!!! No segundo filho (tô reparando isso) a gente aprende muito mais né? Entende melhor a maternidade não é? Luta mais pelo que acredita ser melhor pra eles...

    Muito amor por aí é o que vejo!

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  12. imagino como deve estar super corrido pra vc,tb tenho duas princesas e é puxado..rs....mas que saudades do seus post...rs...bjs

    Lilian

    ResponderExcluir
  13. Dá notícias para suas leitoras...

    ResponderExcluir
  14. Que coisa linda de se mer, q mulher incrível e determinada. Por mais mulheres assim, porreta! Qro mto amamentar um dia e já sei q não é moleza

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up