27 setembro 2014

/

Cesáreas mal indicadas

11 comentários:

  1. Eu acho que,como sempre, vc está prestando um ótimo serviço ao falar desse assunto de forma tão clara e sincera. Infelizmente eu só comecei a ler os blogs maternos depois que minha filha nasceu e por esse motivo acho que eu não tinha informação suficiente para escolher o melhor pra minha filha. Essas dicas sobre reconhecer um médico cesarista são muito importantes, eu confesso que confiava no meu médico e seguia a risca o que ele indicava,masmo qdo ele indicou uma vacina pra eu tomar para amadurecer o pulmão do meu bebê e eu sofri horrores,senti que algo estava errado,mas achei tarde pra trocar de obstetra. Pouco tempo depois, fui informada que meu bebê estava em sofrimento fetal,perdendo peso e precisava ser retirado da minha barriga. Dentro do centro cirúrgico,os médicos conversavam sobre futebol e parecia que eu nem existia ali. Me deram a raqui, a anestesia não pegou. Senti o médico cortar minha barriga, reclamei. Não me escutaram. Eles continuavam a falar amenidades. Falei mais alto que eu estava sentindo dor e o médico respondeu que já era tarde, o corte já tinha começado e não daria pra sentar e tomar outra raqui, teriam que dar uma anestesia geral. Vou parar por aqui pq já escrevi demais e pq ainda é difícil pra mim falar sobre isso,mas quero dizer que nunca mais quero passar por uma cesárea e que se eu pudesse voltar no tempo eu ia me dar uma surra por ter sido tão ignorante. Ou melhor, teria buscado informação ao invés de ficar só me preocupando em decorar o quartinho.

    ResponderExcluir
  2. Dani, ótimo texto! Eu também não lia nada antes da Lavinia nascer, eu simplesmente confiava no meu médico "fofo"...dizia " Quero um parto normal" mais nunca fui atrás de informação, nem passava pela minha cabeça tudo isso que acontece, essa triste realidade....

    Mas nunca é tarde né?

    Te desejo uma boa hora com a Helena <3
    muitos beijos em vcs

    ResponderExcluir
  3. Mandou muito bem Dani. Muito orgulhosa de te ver nessa jornada, pois acredito que muitas mulheres que te acompanham um dia acreditaram que a cesárea era a melhor opção, e tu estás mostrando dia a dia que não é não.
    Parabéns! E que Helena chegue te mostrando que tudo isso é possível, e muito mais!
    Beijos (se precisar, grite!)

    ResponderExcluir
  4. Adorei, Dani!!!
    Explicadinho, tim-tim por tim-tim!!!

    E, putz, tb me ferve o sangue essa história de médicos enganando as gestantes!!!! Uffff!!!!
    Haja informação e empoderamento!!!

    Beijo e #vemHelena !!! Hehehe

    ResponderExcluir
  5. Dani, acho que vc confunde o conceito de "parto natural" com o de "parto humanizado". O parto natural é o parto sem intervenção nenhuma - nem ocitocina, nem anestesia, nem nada. Ele pode ou não ser humanizado. A humanização está muito mais relacionada com a assistência do que, realmente, ao parto. Isto é, num parto humanizado, pode ser que alguma intervenção seja necessária, tanto para "corrigir" o rumo que o TP tá tomando ou por ser requisitada pela mãe. Se a mulher é tratada com respeito, ouvida, se ela participa da decisão pela intervenção, o parto deixa de ser natural, mas não de ser humanizado. (é por isso que prefiro a expressão "assistência humanizada" à expressão "parto humanizado"...)

    bjs!

    ResponderExcluir
  6. Eu queria muito um parto natural mas com o desenrolar da gravidez (e as dificuldades que encontrei no caminho, inclusive e principalmente pra encontrar um médico disposto a fazer parto normal) acabei optando pela cesária. Mas não posso afirmar que me senti "afrontada" em ter que fazer cesária quando chegou a hora pq sinceramente eu fui desencanando da idéia de parto normal pq eu só queria que minha filha nascesse bem, saudável e tranquila. E não me arrependo nem por 1 segundo da minha cesária. Não era bem o que eu queria mas não foi nada perto do medo que me colocavam. Não doeu, não foi nenhum terror a recuperação (foi bem tranquila, aliás) e não me sinto menos mãe por não ter tido parto normal. Sei que o número de cesárias no Brasil é alarmante mas pessoalmente não gosto quando dizem que cesária não é parto, acho ofensivo às mães que, por opção ou por não ter escolha, passaram por cesariana. Detesto qdo que fazem terrorismo, pq numa boa, o meu parto foi lindo, foi mágico, deu tudo certo e foi o melhor dia da minha vida. Não deixou de ser mais belo pq minha filha não nasceu do jeito natural.
    Beijos!
    www.baudabijou.com.br

    ResponderExcluir
  7. Dani e aí a lele nasceu de parto normal? ta tudo bem com vcs? dê noticias linda, estamos com saudades!

    ResponderExcluir
  8. É isso mesmo.. nossa a cada dia esta pior essa coisa de que tudo é cesárea...

    ResponderExcluir
  9. Dá notícias pra nós Dani....Helena já deve estar por aí né...

    ResponderExcluir
  10. Dani, estou ansiosa por notícias mas entendo que com 2 filhas não deve tá sobrando tempo nem pra escovar os dentes, imagine blogar... Mas espero que vcs estejam bem, com saúde e que o puerpério esteja pegando leve com vc. Vi foto da Helena no face e ela é linda. Parabéns.

    ResponderExcluir
  11. Dani, imagino que a Helena já tenha chegado... Espero que vocês estejam bem! Boa lua de leite! :*

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up