28 fevereiro 2014

/

Do meu esgotamento

28 comentários:

  1. Vai melhorar Dani.. Ou melhor não vai melhorar não... (não posso mentir, a barriga vai ficando maior e cansaço também), mas você vai ficar bem. É natural que vc esteja assim, pois dar conta de tudo sozinha não é fácil, mas quando seu marido voltar as coisas vão melhorar sim. Quando recebemos o diploma de mãe vem escrito bem pequeninho embaixo: nunca mais cuidarás de si mesma, nunca mais irás ao banheiro sozinha, nunca mais serás você mesma, cuidará somente dos outros... hehehe
    Te entendo perfeitamente e se te consola, quando fiquei grávida da Heloisa, a Laura era beeeem menor e beeem mais dependente de mim e eu estou aqui.. firme (mais ou menos) e forte (mais ou menos).. rsrsrsr brincadeirinha...
    Deixa a casa pra lá e cuide de vc e da Lalá!!! Tudo vai se ajeitar.
    Se precisar grita...
    Beijosss e abraços beeem apertados!!!
    Carol

    ResponderExcluir
  2. Putz Dani....Q barra meu! Olha, começo de gravidez é foda mesmo, é uma avalanche emocional..mas posso falar? eu tb tô surtando com o Thomas aqui...ontem ele gritou tanto que o vizinho(idiota) bateu na parede. O motivo? eu tava trocando a fralda dele....Tem horas que dá vontade de sumir, sair correndo e dizer beijo me liga.aí eu olho pra ele e me sinto a maior culpada do mundo, porque PORRA ele tem só 4 meses....é foda, cansa demais...tô sentada aqui no sofá e eouvindo ele "faalar", pa acordou há uns 5 min. Tô ignorando, pq preciso não ter q pegar ele no colo, falar, dar atenção. Por 5 min, só. É osso....mas vai passar!
    E que susto, hein!?!?1 Caramba, eu acho que não teria tido tanto sangue frio assim não....durante a gravidez, num dia de alegria entre eu e marido, do nada comecei a sangrar... Eu quase enfartei, tava de 18 semanas. Liguei correndo pra dra Cátia e marido achando que tinha matado o filho à pintada....resumindo, foi só um vasinho que estourou...rsrs
    Tenso, mas passou!
    e se cuidem aí, vcs 3! :-D
    Bjoks

    ResponderExcluir
  3. OOOOO minha amiga, devagar com o andor que o santo é de barro!
    Vc sabe que tem toda a minha admiração, a coisa por ai é complicada, uma correria danada, mas é preciso desacelerar, eu sei seu sei, falar é facil! kkk

    Agora quanto ao surto, te digo que faz parte, quem nunca surtou que atire a primeira pedra!
    Conheço nega que fica o dia TODINHO em casa, ADOOOOOOORA posar de super mãe naZINternet mas não passa de uma louca surtada, a diferença é que vc comenta, outras não!
    SEEEEEEEMM CULPA!

    Toma aqui meu abraço apertado, uma beijoca e confia, tudo vai melhorar, to aqui de longe torcendo por vocês.

    ResponderExcluir
  4. Dani, meu chuchu, que fase hein. Vai passar, claro que vai. Mas virão outras. A barriga vai ficar enorme, voce cansada, e Laura vai continuar a querer isso tudo. Mas sabe o que vai te sustentar? AMOR. Esse amor que fez voce entender o quanto a Laura precisa de voce. E a Beatriz também. Eu imagino o quanto é difícil, com o Rô viajando (fiquei aqui imaginando todas as tarefas diárias que voce tem pra realizar sozinha), e eu sei também o quanto voce prioriza a Laura. Dividir-se é muito difícil, voce sabe bem o quanto eu vivo nessa eterna busca, e olha que a diferença de idade é grande no meu caso né ? Mas aproveite o feriadão do carnaval pra descansar. Voce precisa de um tempo sim pra colocar as pernas pro alto, comer um bom prato tranquilamente, rir, conversar. Estou sempre enviando bons pensamentos pra voce. Que seu feriadão seja de AMOR e DESCANSO. Bjo bjo

    ResponderExcluir
  5. Dani apenas para dizer "tamu junto" exatamente do mesmo jeito estamos aqui ... com a diferença que marido chega (mas chega tarde então ...)

    Se encontrar a fórmula da gestação linda que se vê nos filmes me conta que tb estou precisando tah !

    bju de barriga para barriga

    ResponderExcluir
  6. querida, vou te dar colo que vc merece, mas tb um puxao de orelha: é hora da Laura começar a entender que vcs sao uma família. TODOS vocês. Que Beatriz já existe e que vc querer dormir, relaxar, parar nao é que vc nao seja boa mae: é que vc está gerando outro ser, que também precisa de vc (seus nutrientes e sua saúde, por agora, pra começar). Laura é um amor de menina e obviamente nao tem culpa de nada, mas seria legal que, aos poucos, ela vá aprendendo que sim, há a irma. Que vai ocupar espaço, dar trabalho, precisar de atençao.

    Ontem Lucas deu um escândalo na rua pq queria ficar no meu colo. Eu estou cansada, já tenho barriga e ele está super pesado: eu nao queria dar colo. Falei pra ele tudo isso e ele começou a chorar, desconsolado. Foi andando até chegar no carro, ainda chorando. Quando sentou na cadeirinha, falou "mas eu queria o colo da mamaaaae" (ai que pena que me deu). Eu falei: te dou colo um pouquinho só, mas estou cansada e o bebê na barriga tb tá cansado. Ele aceitou e parou de chorar.

    Óbvio que morri de culpa, que pensei mil doideiras, mas cara, temos que aceitar nossas próprias escolhas: temos dois filhos. E pros primeirinhos: crescer, às vezes dói.

    Espero que vc tenha se recuperado do susto e que nao fique braba comigo!

    beijo enorme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, não fico brava de jeito nenhum! Vc está certíssima, SOU EU que não deixo a Laura crescer às vezes.... pegá-la no colo é prorrogativa minha, eu ofereço, eu dou, eu pego. às vezes ela quer andar, mas eu quero que fique comigo... no meu colo....
      Vc está certíssima, encarar a realidade de mãe de duas!!! Djá!!!

      Um beijo grande e bom equilíbrio para nós.

      Excluir
  7. Thais- mãe da ruivinha28 de fevereiro de 2014 14:02

    ai Dani um abraço bem apertado. e depois as coisas vão melhorando (não tanto), mais melhora.
    Nossa passei por há alguns meses atrás e realmente não é fácil. tudo bem que eu não trabalhava fora mas.... é inevitavel não surtar com os hormônios tão a flor da pele. Passa meio dia gritando e o outro meio dia chorando. Dormir era luxo.

    Sei que é dificil, principalmente pq vc tem horários... mais tenta fazer as coisas de uma forma em não te canse tanto. Explico: por exemplo na hora de dar banho eu sentava em um banquinho dentro do banheiro, na hora de brincar com a Laura tenta ficar mais deitada tipo montando um quebra-cabeça, assistindo algo, contando histórias. e vai adaptando assim... pq daqui pra frente o cansaço infelizmente só cresce junto com a barriga.

    No primeiro trismestre é impossivel não surtar... mais daqui pra frente vc vai se adaptando e reorganizando sua rotina, sem ver!

    tudo ficará bem!!
    um beijo grande

    ResponderExcluir
  8. Dani, quando eu penso em uma segunda gravidez, penso e-xa-ta-men-te no que vc escreveu aqui. Como conciliar a nova gravidez com a vida que continua? Com o trabalho que sustenta a parte financeira, com a correria diária e, principalmente, com o filho mais velho? Eu surtaria também, sem dúvida.
    Aliás, lembro que surtei em alguns momentos da gravidez de Bento. Eu tava sozinha lááá no interior, onde morávamos, marido fora a trabalho, eu com barriga, casa, gato, cachorro (tínhamos cachorro na época), cansaço, dúvidas e solidão. Surtei mesmo e sei que surtarei, caso engravide de novo.
    Enfim, te mando um abraço apertado... e, quando quiser conversar (e surtar em conjunto), tô pronta pra um café.
    bjos

    ResponderExcluir
  9. Dani, "muita hora nessa calma", como diz uma amiga....fica tranquila, é assim mesmo, os três primeiros meses são de dar medo, minha paciência se esgotou de uma tal maneira que eu chorava todos os dias, cheguei até a dar uns tapas no bumbum da Alissa, de tão nervosa que eu fiquei....e claro, depois chorava e me arrependia...mas de que adiantava né, já tinha feito?! Faz parte...
    A rotina é estressante mesmo, e como a gente fica mais cansada nesse período, nada parece estar bom...eu só queria meu canto, minha casa, minha cama...e também quem sofreu foi o marido por ter que me aguentar insuportável do jeito que eu estava...
    Mas ó, logo passa....fica com culpa não....e curte as suas filhotas....
    Ahhh, veja se você já assistiu a esse vídeo:
    http://vimeo.com/85149482


    Beijos e se cuidem!!!

    ResponderExcluir
  10. Pois é... o problema é achar o equilíbrio entre cuidar da Laura, da beatriz e de você!
    A deve ser beeem difícil mesmo lutar contra a fadiga do corpo, da mente, de tudo.
    dizem que o segundo trimestre é o céu. Pra mim foi. Espero que seja pra vc.
    Oremos!
    Sabe, vou te contar um segredinho também, bem baixinho: finais de smeana pra mim eram terríveis, no sentido de cansaço. Nunca gostei tanto de uma segunda-feira... kkk
    Mas agora, com Nina crescendo, está ficando melhor. Estamos todos dormindo melhor também e achamos um equilíbrio, tipo ir dormir mais cedo, não beber (eu e marido, claro!), comer coisas mais saudáveis rpa dar mais disposição. E o mais importante: conscientizar-se de quem precisam da gente.
    Amiga, força. Sei que vc ainda tem o agravante de não ter o maridón por perto na maioria das vezes. Mas tudo se ajeita (se serve de consolo!).
    Bjo nas 3 flores!

    ResponderExcluir
  11. Xuxu..... Tô aqui! Quando precisar, me liga, posso ficar com a Laura um pouco pra vc descansar, posso te dar conselhos de mãe divorciada que faz tudo isso sozinha (e surta muuuuuito, isso não é exclusividade sua, e eu nem grávida estou!), podemos fazer programas juntas. No mais, espero que esteja tudo melhor com vc e com a Bia.

    ResponderExcluir
  12. Eu acha que estava cansada por trabalhar fora e cuidar de trigêmeas de 3 anos e 3 meses, mas ouvir sua história me deu vontade de te dar um abraço e levar a Laura para brincar com meu trio para você descansar um pouco, pois eu lembro do sono que sentia quando estava grávida.

    Excelente final de semana

    Trib-Beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Dani, amore!! Fiquei cansada por vc!! Eu só posso lhe dizer pra respirar fundo e muitas vezes!! A gente sabe que tudo na vida passa, inclusive os bons momentos...então, sempre que tiver "enlouquecendo", pense que vai passar!! Eu tb dou umas surtadas aqui em casa mas respiro fundo e sigo em frente porque sei que tudo são fases. Vc tá precisando de muito colo, eu imagino...então, espero que as palavras todas aqui sejam o bálsamo que vc está precisando agora!! E corre pro colo da sua mãe!! Nessas horas, só mãe!!! Rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  14. Dani, dificilmente comento algo mas ao ler o seu relato fiquei bem impressionada pq tô naquele momento de pensar em outro filho....e meu marido tb não é presente fisicamente como o seu.....ai eu penso nisso, eu sozinha com um recém nascido e uma criança de 3 anos querendo brincar na quadra, ir na piscina, correr sem parar.....e então eu desisto (só por um momento kkkk) de ter outro filho....
    Realmente é complicado isso de ter que fazer tudo sozinha, as vezes brigo com o meu marido por isso, nossas mães trabalham, não posso contar com elas.....
    Surtar faz parte pq tem horas que a gente esquece que é uma pessoa tb, que precisa de atenção, descanso, cuidado. Temos a mania de querer carregar tudo nas costas.....
    Por isso acho que se for possível tire um tempinho pra vc, será muito bom para a Laura....pois vc estará mais descansada, mais disposta....uma presença com mais qualidade, tanto pra vc qto pra ela.
    Boa sorte!
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Dani querida, meu abraço super apertado pra você. Eu não estou grávida do segundo, e portanto só posso ser solidária com você. Mas eu acho que desde já você tem que, devagarzinho, ir mostrando para a Laura que já não existe só ela, Ela precisa ir entendendo que mamãe precisa se dedicar também à irmãzinha.
    E como eu falei, eu falo sem conhecimento de causa, mas penso que, principalmente agora, no frágil primeiro trimestre, você tem que se resguardar mais, dar mais atenção pra você e para a bebê. Imagino a dificuldade, só de pensar me parte o coração, mas eu acho que a Laura precisa entender que seu limite agora está um pouco menor.
    Beijos e fiquem bem, OK!

    ResponderExcluir
  16. Vem cá, Dani! Ó, um abraço. E bem apertado!!!
    Queria poder escrever q vai melhorar, mas pr enqto isso não é vdd. Mas, a sua "sorte" é q vc é muito forte e vai passar por esse momento dificilimo que é estar grávida do segundo filho qdo o primeiro ainda é pequeno e depois, tudo vai se encaixar!!

    Vc mesma já fez toda as análises, se saiu muito bem e, acredite, as meninas vão ficar ótimas!

    Aliás, por falar nisso, parabéns pela pequena Beatriz!!!
    Beijão querida
    Espero q tudo se alinhe... c

    ResponderExcluir
  17. Força na peruca Dani! Sei beeeeem que a canseira de início de gravidez é absurda e que ter um outro pequeno nessa idade é punk, energia total e uma mãe com muito sono não combinam!!! O lado bom é que passa e já já você terá energia de sobra pra curtir a Laura, o primeiro trimestre é que é o duro. Segura as pontas que já já as coisas equilibram e você estará inteirinha (ou quase) pra brincar um monte com a Laurinha. Ahhh lindooo o nome da Beatriz!!!! Adorei!!! Bjo enormeeeee

    ResponderExcluir
  18. primuxa......adoraria te animar, mas as coisas pioram um pouqinho depois que nascem.....o Pietro deu todas as birras e todos os trabalhos neste 1 ano de vida do Theo que nao deu nos 4 dele....mas, mesmo asvendo que será dificil,vc nao quer ser isenta de passar por eles...pq simplesmente 2° filho, é amorduplicado.....fica firme e guentaaaaa.....bjs

    ResponderExcluir
  19. Oi Dani! Espero q seu esgotamento melhore.. Mas sou mãe de dois (a mais velha 2a10m e o menor 1a4m) e tenho q te confessar q como tb trabalho fora e fico sem marido de seg a sexta, q seu nome será cansaço principalmente depois q a baby nascer... Mas a gente acostuma... É mto foda mas a gente descobre q consegue se superar mesmo q surtando de vez em qdo... Sorte! Bjs e força! Ju

    ResponderExcluir
  20. Dani veja bem, se sabe mais que ninguém que isso tudo ai que você escreveu foi a Fabiana e não a Dani né? rs..pois é, essa vida desMARIDada não é mole não, encontrar equilíbrio entre a loucura e a lucidez ta f..mas como eu sempre digo, a vida não para pra gente sofrer, ela passa por cima..kkk. Bem por isso estou contigo e não abro, suaviza, fique de boa, faça o que der, porque o que importa não volta mais pra fazermos diferente. Um, beijo

    ResponderExcluir
  21. NOssa só de imaginar essa loucura eu confesso que fico com medo do segundinho...já sofri tanto na gravidez do Felipe que não sei se tenho mais ânimo não. Embora, eu sei que tudo compensa muito.
    E aos poucos a vida vai entrando no eixo novamente e a gente se adaptando com tudo. Logo logo tudo melhora flor! Força na barriga!!! rsrs
    bjo grande e abraço apertado

    ResponderExcluir
  22. Dani, toca aqui ó \o/
    Estamos iguais, em tempo de gravidez e em disposição, uhuuul!
    Mas eu lembro que fiquei assim tb na gravidez da Nina, não tão tapada, mas cansada, e que lá pelo 4º mês tudo mudou e eu tinha uma disposição MEGA. Estou apegada nisso, rs. Já estou na 11ª semana, faltam cinco ;)
    Beijos mil

    ResponderExcluir
  23. Ai Dani querida, sozinha é difícil mesmo. O que eu te falo hein? Não sei. Mas vai melhorar sim, acho que no começo deve ser mais cansativo.

    Desejo paz, equilíbrio...

    ResponderExcluir
  24. É isso que me desanima de ter o segundo. Eu fiquei tão podre durante o primeiro e terceiro trimestres que não sei o que faria se tivesse que cuidar de uma criança. Tb sou mãe " solteira" de segunda à sexta e dar conta de tudo sozinha é foda. Queria poder te ajudar,ficar aí umas cinco horinhas brincando com a Laura para vc dormir sem se preocupar...já que não posso,mando um pensamento positivo para que vc dê conta de vcs três.bjs.

    ResponderExcluir
  25. Oie...te sigo ha algum tempo e adoro tudo por aqui...essa acidez tão peculiar, sem travas na lingua assim como eu, me identifico. Também sou mamãe recente de 2ª viagem...meu primeiro tem 2 anos e meio e a princesa tem 3 mesinhos. Ter familia grande é lindo e maravilhoso NA TELEVISÃO porque só com 2 miseros bebezinhos e estou ficando louca, dessas de sair pra rua de pijama e não achar problema... depilar as pernas? Pra que???? Comer??? Ahhh tanto luxo como... as coisas por aqui também andam as avessas mas tenho certeza que é por um bem maior. Força na peruca que o filme ta só começando...rs brincadeirinha... é difícil mas tenho certeza que por um bem maior. Bjus

    (www.mamybrasil.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  26. Vai, querida, vai melhorar sim, e muito! Mas antes, vai piorar só mais um pouquinho...ao menos aqui foi assim. Hj já mal me lembro dos perrengues pós nascimento do Pedro. Hj eles dois brincam lindamente (e brigam como galos de rinha muitas vezes), são tão amorosos, amigos, se amam mesmo! E nossa, os dois juntos passam muitos momentos juntos (sempre em intervalos de 5 minutos de amor e 5 de briga) felizes e brincando! E eu sou melhor porque tenho 2 filhos, entende? Vc deve se lembrar de uma troca de amil do ano passado. É mais ou menos isso que vc já está vivendo hj, só que com o BB do lado de fora da barriga! Beijos e força! Nine

    ResponderExcluir
  27. Sinceramente Dani... achei que só eu era uma grávida de segunda viagem tresloucada. Aqui em casa tá pior pq a benção da minha diarista foi embora e justo no momento em que eu precisava me recuperar de um sangramento... precisava ficar de repouso... Aí junta tudo mesmo, e eu acabo me sentindo culpada, pq a Luisa tbem quer brincar, quer atenção e carinho e eu queria deitar na cama e esquecer que existe amanhã. Tamu junto, friend! bjo
    Raquel
    www.eudonadecasa.com.br

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up