17 maio 2013

/

Dia das Mães na escolinha

41 comentários:

  1. que coisa mais linda o seu texto. Eue stou aqui, olhando uma bolsa que eu e o Fabio temos, da primeira sescolinha da Anita - que fica em cima da nossa comoda. Tem as maozinhas dela - aos 2 aninhos. Hoje ela tem 16 e provavelmente nem imagina o que aquilo significa prá nós. nem vai entnder até ter os filhotes dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inaie, que emocionante, né? Será que consigo guardar certas coisinhas da Laura até quando ela tiver moça???
      Tomara que sim, que gostoso que vc ainda tem lembranças das meninas pequenas! (é que para quem tem filhos pequenos, eles nunca vão crescer e fazer 16 anos, parece-me uma eternidade até lá, mas sei que passa rápido...)

      Um grande beijo e tudo de melhor nessa nova moradia de vcs (acompanho TUDO, post a post)!

      Beijos!

      Excluir
  2. Ai, ai... coração de mãe é tão derretido...
    É a segunda vez que venho aqui, e muito me identifiquei, nas duas visitas. Por isso resolvi comentar (e me apresentar).
    Também tenha essa mania de me animar e criar uma enorme expectativa com qualquer coisa, ainda mais se estiver relacionado ao meu filhote! Dei risada sozinha aqui quando li a parte do bolo, porque eu sou beeeemmm assim, super empolgada! rsrs
    Beijos pra vc e sua pequena!
    Kris
    diariodamamaekris.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kris, seja bem vinda!! =)

      As empolgadas dão as mãos e conquistam o mundo, menina, apooooostoooo!!!
      rsrsrs

      Um beijo grande!!

      Excluir
  3. Isso de criar expectativas e ser tudo diferente na hora também acontece comigo! Difícil dosar isso, né?!

    E essas histórias de criança pequena e escola mexem comigo ainda, você sabe, né, Dani!! Coração fica apertadinho aqui. Daí imagino o seu, como deve ficar também! Dá vontade de levar pra casa e não sair pelos próximos 10 anos, haha (exagero, a gente vê por aqui).

    Mas eu tenho que dizer de novo: você é super forte, querida! Pode ficar orgulhosa, sim! :)
    A mulher é mesmo o pilar da família, sempre temos que estar firmes para todas as adversidades que insistem em aparecer! E sempre conseguimos, mesmo que seja preciso chorar no carro ouvindo Bandolins (que é de chorar de lindeza mesmo).

    Ó: vai dar tudo certo! Acredite!!

    e sabe, né... precisando, tô aqui! Bolota e eu pegamos um ônibus ou metrô e rapidinho nos vemos, hehe

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, Mari, sei que essas histórias de criança e escola são particulares, né? Sim, sim. Eu fiquei com vontade de levar para casa e ficar com ela o dia inteiro!

      Obrigada pelas palavras, obrigada!!

      Eu sei que vai dar tudo certo! Vai sim!

      Vc e bolota precisam descansar um pouco, mas não vejo a hora de nos conhecermos e batermos vários papos pessoalmente!!

      Beijos grandes!

      Excluir
  4. Que lindo!
    Lendo o que você escreveu, me sinto igual por vezes. Vontade de rir e de chorar. De ficar e de sair correndo!
    Mas ser mãe é maravilhoso, mesmo com as dificuldades, a correria, o descaso de alguns para com o tudo que fazemos em nome do amor, da família...
    Feliz dia das Mães!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bibi, obrigada! Ser mãe é divino!!!

      Beijo grande!

      Excluir
  5. Eu me emocionei muito na homenagem da escola do ano passado. Esse ano eu não pude ir porque Lucas estava dodoi.

    beijos e bom fim de semana!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jamilly, que pena.... espero que ele tenha melhorado, então!

      Beijos grandes e bom fim de semana para vcs tb!!

      Excluir
  6. Oi, Dani,
    Primeiro comentário aqui, mas não a primeira visita. Nesse tempinho lendo o blog, já deu pra perceber a sua força e a intensidade desse amor pelos seus. É lindo de se ver, parabéns!
    Quanto à sua barra pesada, fica aqui meu desejo de esteja bem perto de passar, bem perto de ficar tudo bem pra vocês.
    E se você reler esse post, talvez, só talvez, encontre a mesma emoção que eu encontrei nesse seu dia especial. Não há nada de errado com as expectativas, mas, a meu ver, elas podem deixar a vista um pouquinho embaralhada. :)
    Beijos!
    Marina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, obrigada pelo comentário! Comente sempre!
      =)

      Obrigada pelas palavras de ânimo e de carinho, obrigada!

      Por último, concordo contigo, as expectativas embaralham MUITO a nossa vista. Muito mesmo!!!

      Um grande beijo!

      Excluir
  7. Ai Dani,
    Que coisa linda...
    E sabe, tb souuma frustrada crônica. Sempre idealizo demais.
    Certeza q no meu primeiro dia das mães vou esperar o meu filhote tocando Bethoven ou minha princesa recitando Vinicius de morais se equilibrando na meia ponta de balé...

    Mulheres...

    E sobre ser forte...Deus te fez assim. Sua familia te criou para ser forte. E sabe quando a gente vai na academia, levanta pesos e mais pesos?! No dia seguinte dói. Mas vc fica cada vez mais forte.
    E assim...tudo passa. sendo bom ou ruim. Então foque nas coisas boas (leia Laura, marido, familia, dias de sol, bolo de chocolate...) e combata, sem muito esforço, as coisas ruins...q um dia elas acabam...

    E precisando de um chamego, só pedir.

    BJão no coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paty, sobre o seu primeiro dia das mães: acho que vc vai esperar filhote com muito carinho e amor no coração e mais nada.... =) De verdade, acho isso mesmo.

      Obrigada pelas palavras de carinho!!!

      Um grande beijo!
      (não achei o botão "seguir" do teu blog, soy burra?)

      Excluir
    2. É não! Eu que sou baby nesses assuntos bloguisticos...
      Vou colocar esse "seguir" lá... hehe

      Excluir
  8. As duas lindas como sempre!

    Dani querida! Espectativas fodem com a gente. Mas não tem jeito, a gente sempre as cria.

    Acho muito legal a Laura ter uma mãe forte, ser um pilar como você disse, assim como seu marido. Família é pra isso mesmo, a gente se apóia, a gente se ajuada. Mas ai ai ai, você nem pediu e eu vou dizer, às vezes os filhos precisam saber que toda essa força também se desfaz, pra depois se refazer. Às vezes, filho precisa saber que a gente também tem dias e dias. E isso não é demérito.

    No mais, minha querida, força. Pois não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabi, obrigada.... vc sempre tem palavras de apoio, carinho, amor para me dar. Praticamente um pão com manteiga aviação e um café quentinho neste dia frio de SP.... obrigada!!!

      Um grande beijo para vc e para o Tom!!

      Excluir
  9. Li seu post e fiquei aqui só pensando, queria escrever alguma coisa, mas não saia nada...
    Como é dificil e como é bom demais ser mãe!!!
    Hoje pela primeira vez o Felipe pediu para faltar da escola, pediu para chamar a babá que fica com ele quando precisamos, mas como fazer assim em cima da hora, não dava tempo e se ela não pudesse vir, e se ele aprendesse o caminho das pedras e todo dia quizesse a babá...aiii tantas coisas passam na cabeça da gente. O pior é que ele ainda falou só hoje mãe...coração chega sangrar de tanta dor...
    beijos solidários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Francine, olha só nossa situação! O que era para ser um pedido de faltar na aula virou um dilema educacional, moral e de valores!!! =)

      Beijos grandes, querida!

      Excluir
  10. Dani,
    Ainda que não tenha sido o que esperava, o dia ficará registrado para sempre. Contará à Laura como ela agarrou em você e não queria mais largar.
    E quando triste, desconfortável, emocionada ou seja lá o que for, chore mesmo! Lave a alma, colocando para fora aquilo que está te incomodando.
    E não se esqueça de que jamais carregamos uma cruz mais pesada do que a que podemos carregar e que nunca estamos sós! Seu amor e sua dedicação à família são de uma nobreza sem fim.
    Força e fé!
    E, qualquer coisa, vamos bater papo por email! Nós, mães, sempre temos como nos ajudarmos!
    Fique com Deus.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, Pati, sem dúvida este primeiro dia das mães na escola ficará para todo o sempre na minha memória, claro.
      Eu gostei bastante, embora não tenha sido como eu tenha idealizado, sabe? Mas gostei sim!

      Obrigada pelo apoio, chuchu!!!

      Beijos grandes!!

      Excluir
  11. Não foi como vc imaginava, no entanto foi mais intenso, despertou o verdadeiro sentido de mãe...e isso vale muito a pena...sempre. bjoss e FELIZ TODO DIA DAS MÃES!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que só agora, relendo o que vc escreveu, que entendi?

      Entendi o "intenso", o verdadeiro sentido de mãe... sob este aspecto, com certeza, Maria Paula, foi realmente muito melhor do que qualquer coisa que eu pudesse imaginar.

      E vc, está bem? Se recuperando?

      Beijos grandes, querida, bom fim de semana perto dos seus pequenos e do maridão!

      Excluir
  12. Eu particularmente não gosto dessas comemorações de escola. A maioria não pensa na mãe que trabalha fora (nosso caso) e faz festa durante a semana. Já tá ruim, porque nem sempre é possível chegar mais tarde. Eu mesma já me peguei envolvida em projetos ou viagens e não pude ir a uma festinha. Parece que fazem apenas pra cumprir o protocolo "todas as escolas fazem então temos que fazer também. Imagino que a Laura tenha ficado envergonhada com as outras mães presentes. Se fosse você e os amiguinhos dela talvez interagisse melhor. A intenção da escola pode ter sido boa, mas eles não pensaram que mais crianças reagiriam como a Laura na hora de se despedir da mamãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lulu, eu tbm pensei nisso "pq não em um sábado, dia em que a gente poderia sair da escola juntas, brincar, conversar sobre a ´festinha´?" Né? Pensei nisso tbm... claro que a escola não quer ter custos adicionais aos fins de semana, ou talvez outras mães não queiram participar em fins de semana, pq só as que trabalham fora vêem assim... mas td bem, foi bacana e é o que vale.

      Um beijo grande, querida!!!

      Excluir
  13. Sabe que eu também fiquei a pensar nessa relação de amor entre mãe e filho outro dia. Cara, é "muito louco" como esse amor é algo que só se aprende sendo mãe... é uma doação muito diferente do ser filho, né?!
    Bem, ainda que as expectativas tenha sido maiores, a emoção falou por todas as palavras do teu texto. Impressionante.
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabi, é muito diferente o amor de filho e o amor de mãe. Não menos intenso, não menos importante, não menos lindo, só muito diferente... são necessidades diferentes, opostas, que, de tão opostas, se encontram no fim da fila de cada uma.

      Obrigada por ter sentido a minha emoção! =)

      Um grande beijo!

      Excluir
  14. Sempre que venho aqui e leio teus post fico sonhando com "quando será que isso vai acontecer comigo?"... claro que sei que será daqui uns meses, mas fico nesse pensamento sabe?

    Acabei de ler o post do desfralde (Você posta bastante heim?) e fiquei emocionada também... Inda mais porque sonho em ter uma menina, em poder agradar com coisinhas de menina...

    Vejo sua luta diária com a Laura, com as etapas da vida dela, acho lindo, mesmo com tantos desafios, você é mãe, é a forte e tem que ser! eu já me sinto um pouco assim... :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mara, isso acontecerá contigo em breve, querida. Muito em breve vc sentirá a maior transformação do mundo dentro de vc.

      E vc já está totalmente fortalecida, imbuída do sentimento de mãe leoa, dona do pedaço. Que ousem mexer com a tua cria ainda dentro da barriga.... duvido que passe sem que vc voe no pescoço do fulano. É isso.

      Para sempre os teus olhos mirarão outro ser, vc nunca mais enxergará o teu próprio umbigo, tenho certeza.

      Um grande beijo minha querida amiga!

      Excluir
  15. Dani, vou começar comentando os últimos posts, eu li, mas não deu tempo de comentar.
    Primeiro sobre o dia das mães, poxa entendo sua decpição, não é pelo valor do presente mas por ser lembrada, poxa, nos mães nos viramos nos 30 e passar o dia das mães sem nem um presentinho é foda! A minha mãe fofa sempre compra uma lembrancinha pra mim!
    Mas não tente relevar, homem não tem a nossa sensibilidade, inclusive quem compra o presente da minha avó paterna é sempre a minha mãe! haha
    Sobre o DESFRALDE sucesso!!! Eu comecei um mês antes e não tenho um resultado tão bom assim! Maravilha, motivo pra soltar fogos!!
    Eu não tive comemoração na escola do Eduardo, só tem a partir do ano que vem, parece que as mãe vão tomar a sopinha com as crianças, fazem uma atividade coisa assim.
    Esse ano recebi da escola um pote de sorvete todo decorado, lindo, mas obvio que não foi meu filho que fez então perdeu um pouco a graça.

    Super beijos em vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juju, saudade de vc mulher!!!

      Sucesso absoluto, vc e a sua loirice continuam em casa com o pequeno? Ainda estou com inveja... =)

      Obrigada pelos comentários!

      Beijos grandes!

      Excluir
  16. Pode não ter sido como você esperava, mas, despertou altas emoções em você, não?! Fez bem pro coração, pra mente e, por consequencia, pro corpo! Você parece estar vivendo um turbilhão de emoções e quer ser o mais forte possível, mas, nem sempre se aguenta ser a fortaleza, né?! Chorar faz muito bem! Desafoga! Desopila! Que seu fds seja muito bacana ao lado dos seus! E o amanhã, a D´us pertence! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, Myriam, me despertou muitas emoções mesmo!!!

      Beijos grandes para vc e para o Dan!

      Excluir
  17. Dani, Dani... lembra que já te disse que te acho muito sensível, e que isso nem de longe é um defeito?? Sempre me emociono muito com os seus posts em que você fala sobre seu amor pela Laura, seu amor pelo seu marido, seu amor por sua mãe, por seus irmãos e amigos... enfim, você tem muito amor aí dentro de você. E é esse amor que te permite ser esse sustentáculo que você precisa ser; que te permite doar-se tanto a todos, de bom grado. Isso é muito bonito, mesmo.

    Sobre o dia das mães, não foi como você imaginava, mas te proporcionou mais um tempinho com a Laura, na escola dela, e um presente especial feito por ela... Mas você é empolgada (assim como eu) e deve ter imaginado mil formas de fazer essa festinha mais emocionante e significativa. Quem sabe rola você dar um toque lá na escola, para as próximas festinhas? Quem sabe...

    Beijo grande em vc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, Lô, eu gostei do dia das mães na escola, o que fudeu foi a minha expectativa, não as brincadeiras em si, entende?

      Obrigada pelo carinho de sempre comigo aqui... vc é uma das pessoas mais sensitivas que já comentaram aqui!

      Beijos!

      Excluir
  18. Acho que nunca haverá uma programação de Dia das mães que supere a programação dentro da nossa alma. E sobre mãozinhas, o meu marido até fez uma tatoo com a mão da nossa filha. Ele disse que o legal vai ser comparar o crescimento dela no braço dele. Enfim, acho mãozinhas o máximo! Acho que vc tbm...
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi Josi, eu vi!!! Eu vi no face!!! Delícia de tatoo, acho lindo!!!!

      Beijos grandes!!!

      Excluir
  19. Ai Dani, que linda essa foto!
    Eu tbm chorei horrores nessas apresentações de dia das mães (eu tive duas, rs.)
    Saudades,

    Rafa
    Rafaelando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, hoje mesmo eu estava tentando entrar no seu site de novo e nada... tentei com o "www" e sem o "www"... mas nada!!!!

      Não entendo o que houve....

      Um beijo grande!!!!!!!!!!

      Saudades!!!

      Excluir
  20. Dani, minha querida amiga, quer dizer que também foi e é fã do Oswaldo Montenegro. Também adoro as músicas e Bandolins é linda demais!
    Que emoção e que fase que está vivendo. Imagino a angústia, os momentos de ansiedade, tristeza para saber como tudo caminhará daqui pra frente.
    Calma querida que tudo dará certo e tenho certeza que vc é uma excelente mãe e que faz tudo e mais um pouco para sua linda princesa Laura.
    Realmente não dá para esperar muito e ter grandes expectativas com as programações das escolas. Adorei! Achei muito bacana a proposta que fizeram... enfim, vocês vivenciarem um tanto da rotina dos pequenos. Bem próprio para a idade deles.
    Isso talvez tenha vindo como a gota d'água, mas seja firme e grite quando precisar... Por sinal, quando será que rola nossa conversa de novo!
    saudades
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celi, eu amooooooo Oswaldo Montenegro, amo de paixão!!!!

      Obrigada pelas palavras, amiga.

      Espero conseguir falar contigo neste fim de semana de novo!

      Beijos grandes!

      Excluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up