15 janeiro 2013

/

Aos 2 anos

16 comentários:

  1. Cada criança é diferente mesmo: a minha filha, em relação ao lobo, quando eu pergunto " Quem tem medo do lobo mau?" ela diz que é o "porquinho", a "Bia não!" o que não impede também de que ela tenha seus pesadelos, especialmente nos cochilos da tarde, detalhe que me deixa preocupada para saber o que acontece quando ela acorda desse jeito na creche.
    Sobre fases do desenvolvimento, desde que a Beatriz começou a engatinhar super tarde, eu desencanei. Acho que, salvo exceções, se um aspecto demora mais, num outro, ela avança. E assim, vamos levando...
    Mas, fale a verdade: tudo isso é uma delícia, não? Acompanhar ( e ser parte dele) do crescimento destas coisinhas lindas que amamos tanto, não tem preço!
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Pra mim a compreensão foi algo incrivel, do dia pra noite o menino passou a entender oque era ir trabalhar, entender oque era final de semana e agora com dois anos e cinco meses virou o tradutor da casa kkkkk
    Se eu digo algo em portugues, ele repete pro pai em hungaro e pros brinquedos em ingles (é, os brinquedos dele falam ingles, eu não entendi ainda qual é o lance kkkk).

    Também acho o máximo a coisa de entender oque é "depois" e "mais tarde", se ele me pede algo e eu digo "depois", ele logo me pergunta "depois de que?", já o mais tarde ele diz "de noite?" e se for a noite ele diz "mais tarde não, mais tarde dorme!" kkkk acabou minhas enrolaçoes.

    Eu to curtindo bastante essa fase (falo isso sempre!), ele tem sido muito mais companheiro, é bem bacana.

    Quanto aos terrible twos, confesso que não sinto nenhuma grande mudança, entendo bem que as birras e afins, fazem total parte da evolução e digo mais, hoje ele tá mais fácil doque quando tinha um ano por exemplo.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Um salto e tanto elas dão a partir dos 2 anos. Também identifiquei no Thomas. Muito mais falante, exigindo nossa presença (td bem que teve o nascimento do Lucas), interagindo melhor durante as brincadeiras com o irmão e outras crianças. Uma total transição de bebê para um menino pequeno, crescido.
    Imagino o quanto a Laura tenha avançado após a cirurgia e todo o apoio que recebeu de vocês pais durante todo esse período em especial.
    Em relação a história Dani acho que pode continuar lendo conforme o interesse dela. Talvez tenha que ter apenas cuidado com a entonação que é dada durante a leitura. Às vezes a gente se empolga, escrevo isso por mim mesma hahahaha
    Bacana reforçar isso tudo que pontuou para ela sobre lobos, sobre que é apenas uma história.
    Quanto ao tempo, é isso mesmo Dani. Cada um tem um tempo, um jeito de ser especial que precisamos respeitar. Não adianta falarem que está cedo ou tarde. Podemos ter um parâmetro, agora seguir fielmente não dá...
    Interessante a coincidência com meu último post que falo exatamente do Thomas, sobre o desfralde, o vínculo com a mamadeira. Tem algumas coisas de menino crescido, outras de bebê. Imagino que para eles também não seja uma fase fácil...
    Você já imaginou eles dois juntos brincando? Ahhhh precisamos ter esse encontro um dia.
    Um beijo enorme para vc e outro para a Laura com sabor de morango (será que ela gosta?)

    ResponderExcluir
  4. Oi Dani! Cada criança é de um jeito. Fico irritada demais com essas cobranças do tipo "agora tem dois anos e não pode mais chupar chupeta! tem que desfraldar! tem que estar na escola!". Não tem essa! O que eu senti nas 2x que passei pelos 2 anos (tenho duas filhas) é que parece que deixam de ser bebês e viram mini crianças, sabe? coisa de louco, mas parece que interagem mais, entendem mais (por aqui foi bem parecido esse lance de eu sair para o trabalho e de repente elas começarem a entender a logística toda...). Enfim, acho uma fase bem gostosa (tanto que qdo Isabella fez 2 anos me animei para ter a 2a rodada de barriga! E qdo Bia fez 2 anos me peguei animada de novo, mas já passou...). bjo!

    ResponderExcluir
  5. Ei flor!!!

    É incrível como tem gente que "cobra" dos nosso filhos! Cada fase é uma coisa: o umbigo ainda não caiu? Ainda mama no peito? Não nasceu nenhum dente? Ainda não engatinha? Ainda não fala?

    Aí chega na idade da Laura e lá vem outros pitacos, rs. Ninguém merece!

    Eu acho que cada criança tem seu tempo e isso deve ser respeitado. Que quem sabe o que é melhor pra eles, se tá na hora de deixar a chupeta, de dormir sozinhos, são os pais. Porque nós é que convivemos e conhecemos nossos pequenos.

    Olha só a Laura, chorando a noite com medo do lobo mau! Ela tá muito inteligente. Mas eu acho que eles ficam maduros de repente pra algumas coisas. Mas não pra tudo.

    Tem coisa que fingo que não escuto pra não dar uma resposta mal criada, hehe.

    Bj!

    ResponderExcluir
  6. Dani, querida, que delícia está sua Lala. Linda de se ver!
    Bom, você sabe que aqui em casa os 2 anos não estão sendo fáceis... Catarina começou a questionar TUDO (e se você quiser que ela faça algo, é só pedir para ela NÃO fazer, e vice-versa!). Mas também está fofa e esperta, e ontem me arrancou lágrimas. Começamos a montar seu banheiro, que até então era usado como lugar da bagunça. Como agora já havia a necessidade de um local arrumado (com o troninho, adaptador, banquinho para alcançar a pia, e etc), comprei várias caixinhas para deixar tudo em ordem. E quando perguntei se ela havia gostado, não aguentei quando ela disse: "Cacá feliz!!!". Um marco importante foi o desfralde, que aconteceu mais facilmente do que eu achava que seria. E o fato de conseguir se vestir praticamente sozinha, que a deixa muito orgulhosa do feito!
    Pra você ver, elas têm diferença de apenas uma semana, mas cada uma com suas peculiaridades e com seu jeitinho.
    Um grande beijo pra vcs duas, lindas!

    ResponderExcluir
  7. Dani, sua filha tá um arraso! Laura tá linda, cheia de vida e muito esperta! Doida pra conhecê-la pessoalmente! Será que vou conseguir???

    Amiga, tenta ignorar a idade e as "exigencias" de fora que cada etapa traz. Triste isso e quem sofre são as crianças. Adorei suas respostas e quase morri de rir aqui!

    Sobre as historinhas, também passamos por isso por volta dos 2 anos com o Nic. Aliás, até hoje tenho que tomar muito cuidado com o que eu conto pra ele, pois ele fica com aquilo na cabeça e fica com medo mesmo. Me policio muito pra não passar a ideia de que o lobo é realmente mau e os personagens têm medo dele, sabe? Alias, medo é algo que não pronuncio. Então, sempre tento fazer vozes engraçadas e divertidas que tiram o foco das intenções maldosas do bicho. Como no caso do chapeuzinho vermelho, sempre conto que os dois conversam numa boa na floresta e quando ele chega na casa da vovó a prende no armário (ao invés de come-la) porque ele quer muito enganar a pobre da chapeuzinho e roubar todos os doces que ela trouxe.

    Eu sei que a gente não deve contar tudo como se o mundo fosse perfeito só com pessoas boas, mas isso vai ter sua hora. Por enquanto não... ele ainda tá muito susceptivel aos pesadelos, e prefiro amenizar a coisa - afinal, quem acorda de madrugada com seus choros assustados sou eu.

    Enfim, beijos pra vc e pra Laurinha, essa menina que está cada vez mais sua cara, hein? :)

    ResponderExcluir
  8. ai Dani em cada fase tem cobranças, nem ligo não, o povo adora isso!

    Só sei de uma coisa, por aqui os dois anos chegaram cheio de transformações, não tem como negar que Lavinia mudou demais...uma fase cheia de fofuras e birras enloquecidas hahaha =D

    ResponderExcluir
  9. Muita diferença, sem dúvida!!! A fala foi o que mais o Daniel desenvolveu. Antes palavras soltas, agora frases completas. Tomei um susto. Porque essas mudanças são da noite pro dia. Desfralde ainda não o senti preparado, mas, assim que ele voltar 'as aulas, farei uma nova tentativa. Assim como a chupeta...que acho que ainda vai demorar um pouquinho...mas, tudo bem. Tudo a seu tempo. Já percebi que forçá-lo é pior. Causa mais terror e ele regride. Beijos, beijos!

    ResponderExcluir
  10. Nossa, nem me faleee dos 2 anos..
    Alanis tá um furacãaao meninaa...ninguém seguraa!
    Mas como as pessoas dizem : "é sinal de saúde" affêeeee!rsrs
    Quanto ao PlasmaCar, achei nesse site aqui ó:
    http://www.toymania.com.br/plasmacar-roxo-ki-tok-briqnuedos/p

    Tem também aqui na minha cidade é 30,00 mais barato, mas com frete nem compensa née?
    Bjãaaaaaao!
    perolasdealanis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. O povo adora cobrar e comparar, nunca vi igual!!!

    A minha pequena esta com um aninho e quatro meses e esses dias me falaram que esta na hora de começar a ensinar ela a tirar a fralda. Da próxima vez eu vou falar assim: Tirar a fralda?! Mas se ela já sabe até se limpar sozinha!!! rsrs
    Povo chato!

    Rachel

    ResponderExcluir
  12. Entendo perfeitamente Dani, o meu pre adolescente acaba de fazer um ano (hj), depois que as pessoas me perguntam a idade, a proxima pergunta é: ja sabe andar?
    é obrigatorio fazer um ano e automaticamente sair andando?)
    Então, acho que não, mas as pessoas gostariam de ouvir: Sim ele acaba de aprender a andar de uma dia pro outro, fez um ano e tcharam: andou! Inclusive estamos treinando ele pra São Silvestre fim deste ano!
    Talitha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesma coisa com minha filha, completa 14 meses amanha e ainda nao anda. E sempre vem a pergunta

      Excluir
  13. Dani.....coisa mais linda gentemmmm....Sabe, o Theo esta com 1 ano e 10 meses.....e já tenho reparado o quanto esperto e Theorremoto ele se encontra.....adoro e ao mesmo tempo me dá um aperto no coração em ver que passa rápido demais.....bjus amiga....e bjus na Laurinha lindaaaaa

    ResponderExcluir
  14. Minha primeira filha falou antes de completar um ano e só foi andar bem depois. No aniversário de 1 ano, ela passou no colo, por que só ficava em pé apoiando em superficies como mesinhas de centro, cadeiras, sofás.

    A segunda andou aos 10 meses e não falou até quase TRÊS anos de idade.

    Hoje as duas são adolescente, andam perfeitamente e falam mais do que o necessário. Elas também sabem levar a colher á boca, se limpam sozinhas quando fazem xixi e até tomam banho sozinhas. As duas fazem chapinha no próprio cabelo quando estão de lua. Isso eu ainda não aprendi. E nenhuma das duas usa mais fralda.

    querida, a grande maioria das crianças se desenvole em uma ou outra área quando está pronta. O resto é paranóia de mãe competitiva ( me desculpem as mães).

    Se a criança tem algum problema de desenvolvimento, o pediatra vai alertar a mãe. O resto, é de cada criança. relaxemos...

    ResponderExcluir
  15. Oi Dani,
    Acho que essas cobranças, palpites, vao existir a vida inteira. Isa está com 1 ano e 4 meses e já estou sendo questionada sobre o desfralde e a chupeta. Ela está na cama há 1 mês e agora aprendeu o caminho do meu quarto. Dormia a noite toda, sem interrupções, mas agora acorda no meio da noite e vai pra minha cama...sem pedir licença. Ela já tem quase todos os dentes, mas simplesmente não consegue comer maça. Nao consegue mastigar nem se dermos em pedaços. Já tentei e por duas vezes ela engasgou muito feio. Não dou mais até completar 15 anos..rs.. Cada coisa a seu tempo. Cada criança a seu tempo. Laura está linda!! Amei o vestido.

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up