17 outubro 2012

/

Você tem orgulho?

10 comentários:

  1. Acho que somos pessoas com defeitos e qualidades, mas o que nos torna especiais é a capacidade de seguir, sendo honestos, batalhadores e por aí vai. Não gosto de passar para me u filho que pessoas são perfeitas, mas que o legal é sempre estar atento no caminhar para o melhor. Cris

    ResponderExcluir
  2. Menina, sabe aquela brincadeira da idade e do que estaria fazendo? Então..pra mim, sempre deu que eu casaria aos 25, estaria realizadíssima profissionalmente, mãe de 3 filhos e milionária!!!! HUAHUAHUAHUAHUA..HOW I WISH!!! Mas, sabe que apesar de eu não ter cumprido a profecia a mim destinada, acho que o meu EU criança estaria até bem satisfeito (ZERO modéstia...hahahahahaha)!! Consegui me formar, fiz pós-graduação, casei com o homem da minha vida e tenho um bebê lindo de morrer!! Então, está óóóótemo!! E vamos ser feliz é que é!!! Beijosssss

    ResponderExcluir
  3. Ahh que texto bacana, bom, eu na verdade quando criança sonhava em ser milionária e VIAJAR pelo mundo, na pré-aborrecencia adicionei homens lindos e outros não tão lindos assim, (imagine vc que eu ja quis casar com o Bowie!).

    Agora, com 32 anos, não fiquei milionária, aliás de patrimonio mesmo to bem abaixo de muita gente haaha, me juntei com um homem lindão, conheci 26 paises, morei em cinco.
    Acredito que mandei bem né,posso dizer que sim, eu tenho bastante orgulho da Ingrid adulta, tirando é claro que eu continuo chata, perfeccionista e perco um amigo mas não perco a piada haha

    E olha, como um plus eu ainda consegui fazer a realidade ainda melhor doque o mais lindo dos meus sonhos, conheci o lugar que mais sonhei (Grecia) ao lado do homem que eu amo e o filhotinho,ver meu pequeno com 13 meses correndo e brincando nas pedrinhas de Acrópolis foi a coisa mais linda desse mundo (eu lembro e choro ahahha).

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Olha Dani, eu era assim como você, eu não me imaginava crescendo, e não queria crescer. Adorei minha infância, a liberdade que tínhamos, pois morávamos em um bairro, brincar na rua até a noite, uma delícia. E não precisávamos de brinquedos pra nos divertir, isso que eu mais sofro hoje na criação da Alissa. Queria que ela tivesse um pouquinho da infância que eu tive.
    Não fiz muita coisa que eu imaginava fazer quando criança, foram planos que ficaram pra trás, mas confesso que hoje eu sou muito mais feliz assim, pois tenho a minha casa, o meu carro, meu marido, minha filha...minha família, que é o principal. Dou muito mais valor pra isso hoje... e mesmo assim, acho que a Renata criança teria orgulho da Renata adulta, mesmo com todos os erros, todos os defeitos....

    Beijossss

    ResponderExcluir
  5. Ixi Dani essa pergunta pegou...
    Acho que eu decpcionaria a Ju criança! Não imaginava ter filho solteira, morando com meus pais e sem terminar uma faculdade com 24 anos.
    Eu sonhava em ser jornalista do Jornal Nacional, ser rica, ter um namorado/marido lindo carinhoso...
    Mas de uma coisa tenho certeza eu me orgulharia da mãe que eu sou!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Bom, a adulta que eu deveria ser quando criança agora estaria casada com um americano, lindo e loiro. Estaria morando nos Estados Unidos, seria rica e mimada, teria 3 filhos uma puta de uma casa e um labrador também. Bem, a única coisa que consegui foi casar nos USA, faltou alguns detalhes como o lindo loiro, a riqueza, o labrador, e o fato de ser mimada! Haha =P
    Mas acho que a criança que eu era teria muito orgulho sim! Principalmente de não ter me tornado mimada e sim guerreira, aventureira, um pouco louca, porém feliz dimais da conta!

    beijo!

    ResponderExcluir
  7. Acho que a criança que eu era se soubesse quem eu me tornei, diria: " Puxa, até adulta ainda estarei indo a escola?!"
    A Josiane criança iria ter gostado da Josiane que ganhasse a vida como escritora ou atleta. Como isso não aconteceu, a Josiane adulta só se diverte nestas áreas. Pelo menos, o lado criança permanece um pouco...
    Bj

    ResponderExcluir
  8. Dani, amiga...

    A verdade? Eu acho que sou hoje mais do que sempre sonhei em ser, sabe? Quando crianca, ou jovem, nunca imaginei em ter filhos - eu tenho 2. Sempre desejei um bom casamento, mas o Rafa vai além dos meus sonhos (tudo bem, que ele nao é um cara romântico, mas é integro, honesto e companheiro). SEMPRE me imaginei viajando o mundo. Tchan nan! E sempre quis trabalhar com arte, mas cheguei num ponto que duvidei seriamente que conseguiria. E tenho saúde, bom humor, sei rir dos meus problemas. Defeitos, tb tenho muitos, mas isso é humano.

    Eu tb acho que a menininha Dani teria orgulho da Dani mulhér. Tenho certeza.

    Beijos, querida e obrigada pelo recado fofo no aniversario do Nic. Realmente é muito amor! :)

    ResponderExcluir
  9. Dani, era esse mesmo o texto que li e que mencionei no início do meu post, mas não lembrava onde era! Eba, ainda bem que vc também leu hehe!
    Eu também achei bem legal a reflexão. Eu não era precoce, também brinquei de boneca muuuito tempo, mas ao mesmo tempo imaginava como eu seria quando adulta sabe? E até que sonhamos coisas parecidas né? Menos a parte do IR, que isso eu nem imaginava existir, apesar de ter pai contador, veja só!
    Ah, e achei engraçado vc dizer que fica "possuída pelo demo" se tiver que ficar em casa. Eu AMO ficar em casa hahahhaha!! Não semaaaanas seguidas, também adoro um jantarzinho, uma livraria, um barzinho. Mas sou bem caseira sim.
    Obrigada pelo carinho de sempre lá no blog viu?
    bjos!

    ResponderExcluir
  10. Dá pra refletir muito sobre o assunto não é mesmo...
    Vim ler seu texto por causa de um outro blog que escreveu mais ou menos sobre a mesma coisa...

    Vocês me deixaram pensando viu!
    Obrigada por compartilhar... me vi em alguns trechos do seu texto... a vida passa não é mesmo!
    Bom é aproveitar os tempos certos de cada coisa, aí amadurecemos no tempo certo e no final das contas, tudo realmente dá certo.
    Hoje somos, quem podemos ser!

    Beijos
    Karin - @blogmamaeecia
    www.mamaeecia.com.br

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up