22 agosto 2012

/

Sobre a futura escola

24 comentários:

  1. acho que TODAS as mães que passarem por aqui vão entender e como vão .... a escolinha da Isabela é perfeita SE eu disse SE não fosse por este lance de não saber como é a isabela "em sociedade" já levantei esta questão nas 2 reuniões que tivemos este ano e bato sempre na mesma tecla (saber se comeu e se dormiu é muito pouco) ...

    Eu não sei de onde vc é (mas se acaso vc é aqui proximo a Alphavilhe vale tentar esta aqui óh ... http://www.vilaalpha.com.br/

    Beijos e boa sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!! Obrigada!!

      não estou em alphavile, mas se estivesse, certeza que teria me ajudado muito.

      Obrigada pelas palavras, acho que todas nós nos sentimos assim, né??

      Beijos!

      Excluir
  2. Daniiii vc sabe né a pouco tempo passei por isso! Aqui levamos muito em consideração o valor, mas lógico que não adianta nada ser barata e não ser limpinha, ter funcionários mal humorados, e não ser um lugar aconchegante para sua filhos ficar ... Outro fator importante tbm foi a localização da escola, o ideal aqui era ser perto de casa ou melhor ainda perto do meu serviço!

    Graças a deus conseguimos uma com esses requisitos ai de cima, vendo vc falando sobre valores fico assustada, da pra ver que ai é tudo muito mais caro, só pra vc ter uma noção a escola da Lavinia meio periodo não chega a custar nem R$300 reais.... e ainda oferecem suco natual, fruta e janta sem nenhum custo adicional, um fator importante tbm já que vivemos correndo na hora do almoço e não me via preparando tudo isso, não daria realmente.

    Mas voltando lá no começo do seu post estamos no mesmo barco, eu tbm queria tudo aquilo, queria mais infomãções sobre minha filha.. quando mando algum recado pra escola e sempre um texto enorme, eu gosto de detalhes, gosto de saber e explicar tudo direitinho hahaha ... mas lá tbm só vem se comeu ou não, fez xixi, cocô...e eu quero MAAAAAAAAIS, mas como estamos no começo vou tentar conversar por lá! =)

    escrevi demais né.. mas olha boa sorte nessa nova busca e que de tudo certo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá certinha, Rê! É isso mesmo, eu quero uma escola que dê mais detalhes da vida da minha filha, oras....

      Beijos grandes!!!

      Excluir
  3. Dani, tô com você!
    Acho escolher escola uma das coisas mais difíceis que tem. No nosso caso, ainda havia outra variável, que é a questão religiosa e cultural. Não são muitas opções... Visitei também algumas escolas laicas, mas não gostei muito. Coloquei o Rapha em uma escola grande, com muitos alunos, mas a educação infantil é separada dos outros. Também tem de 10 a 12 alunos por sala. Mas vou te falar que tenho achado a escola bem acessível no trato com os pais. Sempre que eu peço reunião sou atendida prontamente, várias vezes a professora me ligou pra responder alguma dúvida que eu tenha levantado pela agenda e estão dando uma super atenção agora, que é um momento bem delicado pro Rapha que vai ganhar um irmão. Por enquanto estou bem satisfeita.
    Acho seriamente que você até pode mudar a pequena de escola, mas de agora até dezembro é tempo demais pra não saber o que se passa no dia da sua filha. Eu, se fosse você, ligaria, faria visitas fora de horário, pediria reuniões. Como assim eles não dão feedback de como está sua filha???
    E sobre o por quê da cesárea que você me perguntou... O bebê está pélvico, sentadinho. :-( Tentei de (quase) tudo pra ele virar, mas ele não quis. Aí não tem muito jeito mesmo, parto pélvico é bem arriscado. Ainda pretendo escrever sobre isso, mas depois que ele nascer.
    Beijo pra vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, Ilana, eu tbm procuro uma escola laica, mas é difícil encontrar... o trato com os pais é fundamental... entendo isso tbm. a escola da laura me atende bem, sempre que eu peço, mas não fazem nada no automático, só sob demanda.

      Com certeza vou conversar com o pessoal da escola dela, sem falta, até a semana que vem.

      Obrigada pelo carinho, pelas palavras e pelas dicas, foram ótimas!!!!

      E boa sorte na tua horaaaa! =)

      Beijos!

      Excluir
  4. Olá, vc está certinha de ir investigando onde quer que sua filha fique o ano que vem. Olha como eu já trabalhei em escola, eu fico com a pulga atrás da orelha. Sei que há uma falsidade muitas vezes de matar. Na minha cidade sei bem como funciona sabe... Meu filho só vai pra escola a tarde e gosto muito da escola, porque eles realmente usam o material pedido e posso ver sua letrinha em cada página de todos os livros. Os professores são bons e as salas são com poucos alunos. Deixo ele lá até não poder mais. Confesso que no caso de berçário é mais delicado, porque tem que estar bem segura mesmo e satisfeita, mesmo que seja mais caro... Cris

    ResponderExcluir
  5. Oi Dani.
    Já acompanho teu blog faz um tempo e nunca comentei, mas hoje resolvi vir comentar porque já trabalhei em escola infantil e já presenciei cada coisa, que é sem comentários. É bem importante levar em consideração as coisas que tu citou sobre cada escola e ver se as crianças aparentam estar felizes né. Dar uma visitada e "olhar de perto" como é o tratamento das professoras com as crianças, porque assim como existem as boas, tem aquelas que parecem uns monstros com as crianças, então sempre é legal tentar olhar alguma salinha "discretamente", pra ver o jeito que elas lidam com os pequenos. É isso e ver o que for prioridade pra sua familia né :)
    Beijos e tua filha é uma fofa e tu é demais, do jeito que escreve e conta as aventuras da vida de mãe hehe parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nicole, concordo contigo!!!
      Obrigada pelas palavras, obrigada pelo carinho!!!

      Beijos!!

      Excluir
  6. Dani vc tem todo o direito de saber mais informações sobre o dia dia da Laura. Nos mãe que passamos o dia longe da cria morremos de curiosidade!
    Na escola do Edu teve reunião no começo do ano, no final do primeiro semestre a professora ligou dando feedback do desenvolvimento do Dudu, e sempre me conta por exemplo que ele odeia mingual e ama a sopa, que tem uma uma melhor amiga a Louise que ele apelidou de Lolo, coisas que nos mães adoramos saber!
    Não cobram taxas de colonia de ferias mas fecham 1 semana em julho e 2 em janeiro.
    O preço é bom, não é uma pechinxa mas cabe no bolso, TODAS as alimentações inclusas, MAS aulas como judo, natação são a parte mas nada de absurdo. Amo as professoras e as coordenadoras e a nutricionista.
    MAS não tem nenhum espaço verde! Isso pega! Queria uma escola com horta, coelho e etc mas não cabe no meu bolso!
    O que realmente contou na hora da decisão foi a carinha dos alunos, a quantidade de aluno por sala e é claro o preço!
    Ah total apoio de começar a ver escola agora, também sou assim!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Áh Juuuu.... te entendo beeeeeeeeeeem!!!!!

      Vamos que vamos (e parabéns pela escola do Dudu, parece ser excelente!).

      Beijos!

      Excluir
  7. Dani, como meu bebê, agora com 6 meses teria que ficar na escolinha assim que eu voltasse da minha licença maternidade, mudei para um apartamento no quinto mês de gestação para estar mais perto de escolinhas cabíveis no bolso e perto dos meus pais, que vão buscá-lo pq eu não chego a tempo. Você ansiosa? Imagina, isso é panejamento(eu me falo isso todo dia pra me convencer, tem dado certo).Enfim, eu tinha duas opções na mesma calçada em que moro, mais duas a dez minutos e meus sonho de consumo, o colégio em que estudei, distante 3km, mas meu caminho para o metrô e tals. Sonho de consumo descartado, afinal, o preço considerando um possível transporte escolar iria ficar igual ao valor do aluguel do apê em que moramos, ou seja, surreal! As duas mais distantes eram boas, caras, mas o Nicolas não gostou (ele ficou beeeeem desconfortável nas visitas). As duas mais perto, bem, mais em conta, diferença pequena, mas ele ficou melhor em uma e simplesmente amou a outra, onde ele está feliz e contente neste momento. Como não dá só pra confiar no gosto da criança (se bem que, imagina se Laura não ama, não se adapta e vc tem que trocar de novo?), eu vi as instalações (numa delas o berçário ficava no segundo andar... visualizei tias subindo e descendo escadas com bebês no colo, visualizei vários acidentes e passei para a próxima escola), a estrutura da cozinha (todas elas fazem a comida), e prestei MUITA atenção em como era recebida, as explicações dadas e a proposta educacional. Não colocaria meu filho numa escola que tem práticas que são contra o que penso e os valores de família que tenho (por exemplo, escolas católicas ou de outra religião, acho que isso é um assunto para os pais). Tem dado certo. Ele não vai crescer lá como eu cresci no sonho de consumo, mas pretendo trocá-lo depois da pré escola (e se der, para o sonho de consumo, claro). Eu tenho que pagar extra por semana durante as férias de julho e janeiro. Entre Natal e Ano novo a escolinha não abre, mas eu trabalho. Aí a vó vai entrar em ação e ficar o dia todo com o neto, linda e babona. Espero que dê tudo certo pra vc também. O desapego mode on da Laura é um bom sinal no final das contas.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ingrid, obrigada!!!!

      O lance das escadas é certo!!! Eu não tinha pensado nisso e uma das escolas que vi para a Laura tem o berçário/maternal no segundo andar tbm.... obrigada!!!

      Beijos!

      Excluir
  8. Não sei mais pra mim o que conta mesmo é o espaço físico que a escola irá oferecer e os tipos de atividades, e claro cuidados todos os tipos de cuidados, alimentação, higiene, carinho... Afinal são bebês quase crianças e necessitam serem estimulados da melhor forma possível. Sem cobrança, de que tem que colorir assim, tem que sentar assado, vamos todos juntos fazer (mesmo que ela não queira). Sei que crianças necessitam de rotina, mais também precisam se expressar e mostrar suas própria vontades e seus próprios desenvolvimento( que é diferente do amiguinho).

    Bom queria muito colocar Elisa desde de cedo em uma escola Waldorf, mais na minha cidade não existe e a que fica na outra cidade é impossível pra agora. O gasto seria demais com escola e condução (+- 1h de viajem). E sem contar que ela é muito novinha pra fazer essa viajem, e não tem nenhuma criança que da minha cidade que estuda lá. Enfim pra agora não rola. No primeiro ano é quase certeza, vamos ver!

    Aqui na minha cidade tem aquelas escolinhas tipicas mesmo, com parquinhos espaço grande e nada de mais,acho que é pra lá que ela vai por enquanto.

    Mais Dani não sei onde você mora ai sampa, mais dá uma olhada se perto de você não tem nenhuma escola antroposófica pra você dar uma olhada( se é que você curte o jeito deles educarem)
    tem esse site:
    http://www.waldorf.com.br

    beijããoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Thais, vou pesquisar escolas Waldorf e, do que sobrevier, contarei aqui no blog!

      Obrigada por contar da sua experiência, vale MUITO, MUITO, MUITO para mim, obrigada mesmo!!!

      Beijos!!

      Excluir
  9. Dani primeiramente acho que está certíssima de pensar mesmo na mudança da Laura. O que é isso? Elas deveriam pelo menos informar, contar o mínimo do que acontece com a Laura durante todo o período que está na escola. Complicado! Você já solicitou uma reunião? Acho que nesse caso, tem que ficar no pé mesmo da coordenadora para que informem, conversem, relatem sobre o desenvolvimento e dia a dia da Laura.
    Agora, quanto as outras escolas acredito que dificilmente encontrará a perfeita. Sempre haverá uma coisa ou outra que não simpatizamos... No entanto, temos que relevar um tanto de coisas. O mais importante na minha opinião é a relação das professoras com o meu filho (principalmente tratando-se da idade em que a Laura se encontra). Acho que isso é primordial, uma relação carinhosa, atenciosa e de muita dedicação ao trabalho. Além disso, considero importante que sua filha goste da escola, que mostre interesse e que perceba que as outras crianças estão felizes. Para isso, sempre é bom ter referência de outra mãe. Isso sem dúvida pode ajudar na tomada de decisão.
    O preço... lógico!!!! Quem não precisa considerar isso põe o dedo aqui...hahahaha Sempre é um investimento alto.
    Além disso, o trabalho pedagógico. Ahhh isso sempre conta. O que fazem com as crianças, como funciona a rotina, quais são as propostas, quanto tempo brincam e, assim por diante.
    Há inúmeros fatores Dani, porém você precisa fazer uma reunião e sentir-se segura totalmente para que passe isso a Laura, para que seja feliz nesse novo ambiente.
    Boa sorte! Boa escolha e dê notícias para nós conforme for visitando as escolas. Ok?
    Em que lugar você mora? Será que tenho alguma dica boa de escola para te dar??? Me conta....
    Beijos, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celi, querida, obrigada, obrigada, obrigada!

      Vejo que a escola atual da Laura me deve tanto, mas tanto, que se antes de publicar o post eu tinha dúvidas quanto a ser ruim, agora tenho certeza que o é.

      Obrigada pelos esclarecimentos!

      Beijos grandes!

      Excluir
  10. Olá, descobri seu Blog Hoje e estou lendo sem parar.
    Esse assunto da escola já me deixou de cbelos em pé, mas agora estou muito satisfeita.
    Meu guri (de 1 ano e 2 meses) foi para a escolinha com 8 meses e o que pesou na minha escolha foi o método de educação para bebês (método Pickler). Os berçários todos adaptados para este método e sempre com janelões enormes (na verdade é a parede toda de vidro) pra gente poder espiar a hora que for. As professoras sempre dando retorno do comportamento e desenvolvimento das crianças. Recebemos todo mês um resumo de como foram as atividades e a cada seis meses recebemos um portifólio exclusivo sobre o comportamento das crianças (preferências e etc... com fotos). Além disso o Diretor e as coordenadoras chamam os pais para conversas e sempre estão disponíveis. Todos na escola conhecem meu filho pelo nome. Tem escola de pais a cada 2 meses para dircutirmos assuntos referentes à educação. Tmbém tem um blog onde colocam as fotos dos nossos filhos em momentos na escola, além de vídeos.
    Nós vamos nos mudar em alguns meses e já decidimos que, apesar de ficar bem contra mão, vamos mantê-lo nesta escola.
    Claro que sempre tem algumas coisinhas que a gente não gosta (claro, eles não fazem tudo do nosso jeito), mas estou satisfeita, especialmente pq meu guri vai para a aula feliz e contente!!!
    Ah, e o preço é o mesmo das demais escolas na mesma área.
    Realmente a escolhemos pelo método pedagógico, a forma como fomos acolhidos(a família toda) e a boa adaptação do meu filho.
    Bom, te desejo muito bos sorte nesta escolha. É bem difícil mesmo!!
    Abraço
    Katia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só digo uma coisa, Katia: inveja! Muita! Do bem, claro, mas inveja de nunca ter recebido nada disso e pagar absurdos por uma escola meia boca (que pude constar nos comentários deste post). Beijos e obrigada!

      Excluir
  11. Cara, nem vo escrever o que eu espero da futura escolinha do Otávio se não vou deixar um comentário maior do que seu post! rsrsrs
    Mas vou procurar aqui nos meus arquivos umas coisinhas que uma amiga postou certa vez sobre a escolinha da filha dela e eu super encasquetei q a futura escolinha terá que ser assim tb! Depois volto pra contar :)
    bjoo

    ResponderExcluir
  12. Escola é sempre um problema, rs.
    Na primeira da Isa eles não faziam reuniões e a escola era familiar e uma zona.
    Coloquei em outra, pequena, boa, preço legal, reuniões semestrais, relatórios sobre desenvolvimento tudo legal. Mas a Isa completou seis anos e foi para o primeiro ano. Mantive a Maitê nessa e levava a Isa para o outro, aguentei só um ano isso. Agora as duas estão em um colégio grande, bem organizado e caro :(
    Elas estudam lá enquanto der, não sei até quando vai dar, mas atualmente estou satisfeita com a escola.
    O negócio é pesquisar muito, aumente seu campo de pesquisa, isso te dará mais parâmetros para julgar.
    Bjus

    ResponderExcluir
  13. Ai DAni...só vc mesmo..... confesso que fui um pouco fria no quesito escolinha....não visitei nenhuma até saber o preço por tel...as que eu poderia pagar, visitei e entre estas escolhi....dei atenção à limpeza, cara das tias e cardápio e flexibilidade de horário...lá tem 1 tia pra 4 alunos, a classe do Vicente tem 18 alunos....criança pra burro....achei ótimo...ele PRECISA saber urgente (antes que chegue o irmão) que ele não é único no mundo e tem que dividir, TUDO, inclusive a atenção. Entre um nariz escorrendo e outro, está dando certo.... lá as tias tb não ficam contando TUDO que acontece com ele, mas tb passo a tarde toda com ele e isso ja me deixa menos curiosa...te entendo...deixar a filha no horário comercia TODINHO longe é de matar qualquer mamãe!! bjs e parabéns pelo Blog....faz um livro vai!!!

    ResponderExcluir
  14. Eu simpatizei muito com a escola B e C, pelas suas descrições!
    O importante é você estar segura e, claro, a Laura também (principalmente).

    É uma tarefa e tanto mesmo, mas no fundo, acho que nós nunca acharemos uma escola dos sonhos. E, se acharmos, não teremos dinheiro. Fato.

    Espero que façam uma ótima escolha, sem arrependimentos!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up