25 junho 2012

/

Sinto sua falta, não posso esperar tanto tempo assim...

16 comentários:

  1. Ah Dani, fica assim não...
    Mãe é assim mesmo, "todas iguais", vc não está sozinha nessa.
    Fé!
    Bjk

    ResponderExcluir
  2. Dani que lindo o post de hoje! Lendo o que você escreve me sinto tão parecida e tão diferente de você, rs. Parecida por que sinto essa ansiedade na hora de pegar as pequenas na escola, mas esse sentimento só vem depois do alegria em deixá-las lá... rs. Sentimento de missão cumprida como mãe, de tempo para mim, para ser eu sem ser mãe... Todos esses sentimentos vão embora quando bate às 18hs e sinto aquela saudade infinita dessas maluquinhas, rs.

    Agora me conta você acha que eu tenho habilidade "cabeleiristica"? kkk. Deixa eu te falar o que eu faço bem: pranchar meu cabelo, tranças comum e embutidas e rabos de cavalo, rs. Um penteado?! Só se for um meio preso como aquele da formatura mesmo. Vou procurar uns bem bonitos em sua homenagem.

    Gostou dos beijinhos? Que bom que reparou, até então ninguém tinha reparado, ó coitada de mim.
    Um ótimo início de semana.
    Bjus

    Rafaelando
    www.facebook.com/rafaelando.wordpress

    ResponderExcluir
  3. Dani e como eu te entendo!
    não é facil não, mas necessário ... tem hora que a saudade aperta ainda mais. Mas faz parte, intão vamos levando... sempre pensamos no melhor pra essas pequenas. :)
    beijão

    ResponderExcluir
  4. Oh, Dani...eu entendo isso...para agravar minha situação, quando pego o baixinho na creche, ele dorme no carro e chega dormindo e aí eu tenho que acordá-lo, e ele fica chato de sono mal dormido, fica aquele clima estranho...eu me sinto cansada, descrente, mal...
    Por isso eu estou pensando em ficar um período do dia com ele. Não sei se as condições vão permitir, mas é uma escolha, porque quando estamos juntos até o estresse é com mais amor...eu e ele juntos somos tudo! E aí, dando certo o que eu tô pensando, vou adiar meu sonho profissional por uns anos, com muito prazer!
    Bj!

    ResponderExcluir
  5. Ai Dani você escreveu tudo o que sinto! Saudades, dor no peito, trabalhar é bom, da independecia, liberdade, mas ficar longe dos filhotes doi tanto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Dani.. entendo sua angústia! Vivi isso por um mês e adivinha: parei com tudo e fui cuidar da minha menininha. E os meus dias com a Luisa é tão movimentado, que não dá tempo de se sentir entediada, hehehe... mas claro que sinto saudades de ter meu dinheiro, uma vida fora de casa, falar com pessoas outros assuntos que não seja somente o preço da fralda e tals... só que tenho isso como uma saudade boa... se fosse para escolher, teria feito tudo igual. Mas Dani, pelo menos vc aproveita cada minuto com a Laura quando está com ela. Vc não é uma mãe relapsa e tenho certeza de que sua filha sente e sentirá muito orgulho de vc... de tê-la como mãe... pois acredito que todo esse sacrifício, vc faz por ela, pelo bem estar dela. bjo

    ResponderExcluir
  7. Não é fácil deixar, mas é maravilhoso buscar... :)
    Acredito que a rotina 24h mãe, para quem está acostumada a trabalhar é cansativa, tal qual trabalhar fora.. Mas nos momentos que eles são maiores e o tempo com eles é curto a gente tem mais paciência, releva mais as pequenas coisas... Não sei se é egoísmo, mas nunca pensei em parar de trabalhar depois que fosse mãe...
    Agora a saudade... Essa é indiscutível!!!
    Ela está linda!!!

    Bjossssss
    Carol

    ResponderExcluir
  8. Ai esta saudade é doída demais, né? Achei lindo o seu post e vem me fazer repensar, mais uma vez, as minhas escolhas.
    A minha caçula começou na escolinha no começo de abril e, desde então, ela tem estado SEMPRE doente. Ela vai um dia para escola e fica três em casa, vai mais uns dois dias, volta a ficar uns dois em casa... E assim temos seguindo. Tenho ido ao pediatra toda semana, ela acabou sendo internada no final de semana retrasado e eu estou em frangalhos. Estou com verdadeiro medo de levá-la para a escolinha e ela adoecer novamente... Ainda bem que agora temos 3 semanas de férias escolares pela frente!
    Mas o trabalho.... ah, o trabalho tem ficado para segundo plano. E aí bate uma culpa também, né? Tanto que estou pensando em desistir dele.
    Já estou me vendo com uma nova saudade na segunda-feira de manhã ;-)
    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Dani, que texto mais bonito este que você escreveu! Na verdade, pelo menos para mim, este é uma das maiores vantagens de se trabalhar fora quando somos mães: [e esta saudade danada e, por que não, gostosa, que faz com que os momentos que passamos com nossas filhas sejam ainda mais especiais que qualquer outra atividade do dia.

    ResponderExcluir
  10. Oi Dani, andei meio por fora nos últimos dias, aí chego aqui e vejo esse blog todo lindho, todo trabalhado na cara nova, curti, hein? Bjks

    ResponderExcluir
  11. Nossa Dani.l..eu sinto exatamente isso.....e esse caminhar áte a porta do berçario ....me dá umavontade de corre para chegar rapido.....ai essa saudade que nos aperta o peito......

    ResponderExcluir
  12. Coisa mais linda esse blog hein......ficou lindoooo

    ResponderExcluir
  13. Como eu te entendo Dani... estou passando muito por essa situação ultimamente. Catarina ainda não frequenta escolinha, mas como estou cheia de problemas ela tem ficado bastante tempo longe de mim. Sinto muita saudade. As vezes só consigo dar a primeira mamadeira do dia... não dou o almoço, o jantar, o banho... como faz falta.
    Força Dani.
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Ei Dani, seu post foi o contrário do meu sobre trabalhar em casa...
    Agora, oh, ficar em casa com ela é ótimo mas tb é ralação viu? Pense em passar o dia com a pimpolha enrolada nas pernas? Não dá nem para ir ao banheiro sem estar acompanhada.
    Mas vc nao escreve em vão não. É assim que vc deixa aí o seu registro, traduz o sentimento em palavras e ajuda a colocar a cabeça em ordem. E no meio disso tudo segue curtindo muito a Laura, já que tudo passa tão rápido!
    bjao!
    Pati

    ResponderExcluir
  15. Dani, conheci seu blog pelo seu tio (José Maria Rabelo), trabalho com ele em Brasília e tenho uma filha de 9 meses!! Amei esse post e é tudo o que eu sinto quando estou longe dela!! Parabéns pela filha e pela página!! Vou reproduzir seu post no meu blog, ok?! bj

    ResponderExcluir
  16. Eu simplesmente AMO sexta-feira, pelos mesmos motivos! =D
    E olha que eu só passo a manhã longe da Lara!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up