29 maio 2012

/

Do ato da corrida

19 comentários:

  1. Dani amiga... Que bom que você está gostando.. A gente precisa da gente, né.. Dá saudade de nós mesmas, né??? Eu sinto saudades até de me olhar no espelho...rs
    Dá um abraço apertado e força na peruca....

    Beijocas
    Carol

    ResponderExcluir
  2. dani que inveja uihauiha
    queria um pouco do seu ânimo viu =)

    mas olha ta super certa, a gente precisa de um tempinho só nosso! Fora que nosso corpo necessita e nossa mente tbm..

    bjo bjo

    ResponderExcluir
  3. Dani,

    Arrasou, hein?! Já ia mandar um e-mail perguntando como estava a vida, se Laura já foi para a creche? E ao ler meus blogs, encontro você toda animada, toda feliz! Que delícia ler tudo isso!
    Engraçado que falta vontade para começar, mas ao sair de casa, suar e ter um momento só nosso, revigora e nos mostra o quanto somos importantes.
    Quando você fala da aproximação da Laura com o pai, sei que não é cíumes e sim a cumplicidade maternal que toda mulher carrega (seja ela mãe ou não). O importante é você ter o seu tempo e eles terem o deles. Melhor ainda é ter um marido que te apoia e cuida da pequena sem cerimônia. Além do que, filha longe de mãe é outra coisa, né?! Somos filhas e sabemos bem disso .. hahahahaha.
    Bjs
    Chrys

    ResponderExcluir
  4. dani, não se culpe por deixar o pai ser pai. é importatnte.

    ResponderExcluir
  5. Bem...o que dizer sobre este assunto que adoro tanto? A corrida me faz sentir viva e creio que esta também é a sensação que vc deve sentir. Pena que a gente tenha que correr no meio dos carros e calçadas ferradas, gente esquisita e no escuro. Mas vale a pena! E vale a pena continuar não só por nós, mas por nossas filhas: acredito que você esteja dando um belo exemplo a ela. Eu encaro a corrida como se fosse um trabalho, a gente vai até sem vontade. Mas no caso da corrida, o " processo" é bem mais recompensador!
    Boas corridas, Dani!!!

    ResponderExcluir
  6. siemociono assim!

    tu tá me deixando com vontade de correr de novo! o primeiro parágrafo do texto é exatamente a sensação durante a corrida!

    é muito bom a gente voltar com tudo recarregado pra casa né? continua! tem meu apoio!

    vou tirar os tênis do armário.....

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Dani,
    super inspirador esse post! Adorei!
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Que máximo Dani. Adorei! Acho que está certíssima e dou todo APOIO DO MUNDO. Isso só tende a fazer bem, pois descarregamos nosso stress, recuperamos a energia que precisamos para dar conta de tudo e mais um pouco enquanto mulher, mãe, dona de casa...
    Quero muito voltar a fazer isso. Fora que nos sentimos bem demais! Faz bem para o ego, para o corpo, para todos que estão a volta.
    E quanto a Laura o marido dá conta, super conta. O meu diz a mesma coisa e é pura verdade, os meninos ficam muito bem ao lado dele. Parece que fazem mais manha conosco. E outra, é importante para o pai ter esse momento sozinho só com a filha, com o filho. Por isso, não desanime NãO. Pegarei no seu pé, ok?
    Beijos, beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Dani, tudo bem por aqui? É ótimo vc estar fazendo exercícios físicos e ainda por cima, gostando dessa fase! A gente tem mania de achar que ninguém vai dar conta das coisas além de nós, mas temos que pensar um pouco mais na gente e delegar as atividades para outras pessoas tbem, como deixar que seu marido tome conta da Laurinha enquanto vc cuida de sua saúde. bjo

    ResponderExcluir
  10. Eu tbm me sinto muito feliz depois de correr e malhar, mas antes de ir para academia sinto uma preguiça eterna, depois quando estou lá fico xingando o relógio que insiste em passar lentamente, mas quando eu saio e vejo a cara de desânimo de quem ainda está chegando, me sinto super bem! ahahahah
    Bjus
    Rafaelando

    ResponderExcluir
  11. Muito legal este post, continue assim na disposição total, o corpitcho agradece!
    bj

    ResponderExcluir
  12. Adorei seu blog, muito lindo, amei tudo.
    Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. amiga...também comecei a correr...todas as segundas e quartas estou indo no Ibirapuera....moro perto e consigo somente esses dias....mas vou tentar mais.....bjus e vamos suar a camiseta...kkkk

    ResponderExcluir
  14. Dani!!! Estou fazendo exercício também (não essa semana porque caí da escada, torci o pé e não posso fazer dãrd) e sinto exatamente o que sente, relutei em começar a fazer porque não queria perder essa uma horinha de estar com o Nino, mas é sim uma horinha boa pra gente! E cada vez que coloco a roupa penso mil vezes em desistir (oh preguiça!) hahaha mas vamos Firmes e fortes! rs Bjocasssssssssss

    ResponderExcluir
  15. Pôxa me deixou envergonhada agora. De continuar com a bunda grudada no sofá, reclamando que engordei em vez de fazer algo por mim mesma! Você também passou por um estágio em que achava que ia morrer a cada vez que corria? :-) Menina eu fico tao vermelha, mas tao vermelha, que soco no nariz é pouco para explicar a minha vermelhidao :-(
    Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Dani, me acabei com seu comentário de hoje! rs. Tudo bem o relógio prata, assim vc mostra que está na moda do relógio, mas que tem seu próprio estilo e não é apenas mais uma vítima da moda. Fica tranquila e continua pagando seu relógio prata, ahahhah
    Bjus
    Rafaelando

    ResponderExcluir
  17. Concordo com o comentario da Mari Mari. Ela não perde nada por não ter seu colo uns poucos dias na semana, pelo contrario, todo mundo ganha! Eu também tenho um apego muito grande à algumas partes da nossa rotina, mas depois que a Lily nasceu, tenho aprendido a delegar cada vez mais.

    Amiga, tô amando seus relatos da sua libertação. Inspirador, viu? Assim que eu puder vou tentar algo parecido. Me aguarde!

    Beijos, querida!!!!

    Lu

    ResponderExcluir
  18. Que bom que bom! Isso aí Dani, como eu disse naquele post lá no blog, mãe também é gente. Que ótimo que Laura tem um paizão pra colocá-la pra dormir, com certeza está sendo um momento ótimo pro vínculo deles. Aproveita mesmo!
    Mas agora, pera: corre/anda 18 quarteirões, daí vem uma subida, aí corre mais 6 e mais 5 quarteirões... é isso?? Baralho, vc é minha ídala!!
    bjao

    ResponderExcluir
  19. Minha filha, se vc não existisse teríamos que inventá-la. Vc é simplesmente o máximo!!!
    Adorei quando eu estava na minha aula de inglês e vc surgiu toda rosadinha, rosa choque mesmo!!! Quase, mas quase dava pra ouvir seu coração pedindo socorro! Era mais ou menos assim: olha mãe eu consegui!!!Simplesmente me deu um beijo e voltou para a etapa final de sua corrida. Amei!!!
    Muito orgulho de tudo isso!!! Te amooooooooooo

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up