30 novembro 2011

/

Amém

7 comentários:

  1. hmmm, conheco esse blog.
    é marcante mesmo, me mudou muito a forma de ver as coisas.

    agora, vc me perdoa? tenho seus emails pra responder e seus posts pra comentar, tudo pendente e NAO esquecido.

    assim que puder, a gente se fala com mais calma, viu?

    beijao enormao em vc e na lindona!

    ResponderExcluir
  2. Te tenho nos blog que eu sigo mas como meu bebe é bem pequeno, to visitando pouco os blogs queridos. Que historia comevente. Meus olhos se encheram de lagrimas. Imagina se eu visse o blog! Jesuis!
    Que Deus abençoe essa mulher. Que de forças e consolo. Obrigada por falar sobre isso. Mesmo sem saber qual o blog(e foi bem legal a sua atitude de nao divulgar). Ter lido isso me insipira para cuidar do meu filho melhor mais e mais a cada dia.

    Eu sigo um blog de uma amiga que o filho teve que ser operado na cabeça faz uma semana mais ou menos. Nao era cancer, mas qualquer problema mais grave em um bebe é angustiante e sofredor.

    Que Deus abencoe os nossos lares e as nossas familias. SAUDE é a melhor coisa da vida. O resto a gente resolve!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Dani, também conheço o blog. Acompanhei desde a gravidez e no dia que li sobre o falecimento do pequeno, eu chorei, chorei, chorei tanto. Senti um aperto no coração, pensei em ir visitar a mãe (que morava na cidade vizinha da minha) mas eu não conseguia imaginar o tamanho da dor que ela sentia. De vez em quando, volto no blog, leio tudo de novo. Choro pela luta da família na doença, pela dor da perda, pelo quanto ele foi guerreiro, pela grandiosa fé daquela mãe e porque agora sabemos que ele está bem e, nas palavras da mãe, o céu em festa.

    ResponderExcluir
  4. Querida, essa foi a grande missão do Theo aqui nessa terra. Em 10 meses, ele nos ensinou a ser forte, a lutar, a ter fé, acima das circunstâncias, a dar valor à saúde, a vida e as misericórdias do Deus que se renovam a cada dia.

    ResponderExcluir
  5. Também já li esse, que eu conheci através da Carol (e suas baby-bobeiras). Acabou comigo, partiu meu coração e eu queria muito poder estar perto e só segurar a mão dessa mãe e abraçá-la, porque sei que não tem nada que pode ser dito para aliviar uma dor dessas.
    Às vezes ainda me pego pensando nela, como será que ela está, pensa em ter outros filhos, dá pra encarar outra tentativa depois disso... Torço pra ela e o marido e os avós e todos que amam (porque acredito ser impossível deixar de amar, mesmo que ele não esteja por aqui fisicamente) o pequeno estejam conseguindo viver bem.

    ResponderExcluir
  6. Dani, adorei o seu blog! Como você leio o primeiro post e acompanho um pouco da história da pessoa para virar leitora assídua. Também fico amiga, rio, choro, me emociono... Acho que tem que ser assim!!!
    Essa história que você relatou é realmente muito triste!
    Infelizmente, tive um primo que faleceu dois dias após o nascimento, muito triste e tive uma amiga real (não virtual) que perdeu a filha de 7 meses de meningite (de repente). Começou com febre, o médico não conseguiu diagnosticar... Foi para o hospital e em três dias ela faleceu. Eu senti exatamente o que você descreveu em seu post. Fiquei chocada, chorei, pensei em tudo o que ela deveria estar sentindo... Aprendi muito também!!!
    Essa semana pela primeira vez meu filho ficou doente, com febre e o médico não o atendia, foi me dando um desespero, lembrei da menininha, chorava, tremia... mas, graças a Deus ele está apenas com uma faringite! Deus é muito bom!!!

    Mudando de assunto, amei o seu blog e voltarei mais vezes, também tenho 29 anos e para mim o dia 20 de dezembro também é um dia importante. Não é o dia do nascimento do meu filho, mas no dia 20 vai fazer 15 anos que eu me meu marido estamos juntos!!!
    O meu filho também nasceu em 2010 (mas em junho!)

    Beijos!

    Lívia.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, como eu chorei lendo esse blog... Li inteiro, minha filha tinha dois meses, me dooeu demais, mas também me deu outra perspectiva...
    @ MHelenaQAP

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up