19 outubro 2011

/

Mamãe moderna (será?!)

27 comentários:

  1. pode falar palavrão aqui nesse blog?
    CARACOLA p**ta que p***iu.

    Lavou minha alma isso tudo.

    Agora, quero te perguntar uma coisa: vc ensinou a Laura a dormir aos dois meses e ela emendou a noite inteirinha? Não acordou de madrugada? Vc se preocupou pelo ganho de peso, essas coisas?

    Tô mto afim de parar de amamentar durante a noite, mas ainda fico noiada dele ter mta fome e tal.

    COMOFAZ?

    beijão, te admiro!

    ResponderExcluir
  2. é um depoimento verdadeiro...
    tenho certeza que muitas das mães dessa blogosfera mais falam do que fazem...
    Como cão que ladra mas não morde...
    Claro que discordo em certos pontos, mas no geral, voce esta sendo uma otima mãe.
    De que adianta acordar a cada uma hora agora, se no futuro quem acaba mais dependente são as mães dos filhos do que vice-versa?
    Entregam suas vidas aos filhos e acabam não tendo mais as proprias vidas, como vc disse: vinho+namoro+tv=minha vida" adorei!
    estou grávida, tbm foi de surpresa (mas tbm assumimos o risco), sou nova e depois q o bebe nascer é isso mesmo que eu quero fazer, coloca-lo pra dormir e curtir meu marido (estamos juntos a muitos anos, mas casados recentemente)...

    Imagino quantas criticas vc deve ter ouvido e ainda vai ouvir... mas pra mim, esta ÓTIMO! haha

    Vou seguir o blog daqui pra frente...
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Nossa super amei seu blog sabia....

    Acho inclusive que virei sua fã, nunca vi uma mamãe tão sincera e inspiradora


    Bjooo

    ResponderExcluir
  4. Retribuindo a visita!
    Adorei o texto bem sincero!
    Eu também optei pela cesária, (me arrependi, mas não sei se teria coragem pra fazer um PN).
    Não amamentei nunca, nem na maternidade....
    O Eduardo dorme no berço desde RN.
    Não sou como você, sinto algumas culpas e ainda algumas neuroses, mas o que não podemos esquecer que antes de sermos mães somos mulheres e temos que cuidar de nos também.

    Super beijo, ja estou te seguindo

    ResponderExcluir
  5. Amem, amem, amem! Como e bom um pouco de equilíbrio... Eu tenho algumas culpas e outras tantas convicções. Busco o equilíbrio, sem radicalismos. Nem prum lado, nem pro outro. Minha filha não vai viver numa bolha e pronto. Ela tem onze meses. Não lavo a chupeta quando cai. Dou uma lavadinha uma vez por dia. Sem neuras. Tive que entrar com nan aos 15 dias de vida, mas mantive o peito por sete meses. Dorme sozinha e a noite toda. E feliz, risonha, saudável e linda. Chora e faz birra de vez em quando. E uma criança!
    Aí, posso escrever por horas... Enfim, concordo com vc e ler alguém que pensa assim sem pedir desculpas me deixa muito feliz!

    ResponderExcluir
  6. Ai Dani....sóvc mesmo.....é isso aí chupeta caiu, só uma chacoalhada, passada na roupa, pronto já esterelizou...tb faço isso, essa Laura é uma verdadeira dorminhoca, q bom bbs precisam mesmo é dormir à noite, o Vi não dorme TANTOOO assim, vai ums 9hs por noite, mas tá bom, e de vez em qdo ele dá uma resmungada e eu não resisto Dani, vou coloco ele bem grudadinho em mim e ele dá um suspiro bem alto (hummmm) - AMO qdo ele faz assim e daí já era, tudo dura um minuto, é só um chamego (coisa de meninOOOs), na casa dos outros ele não faz assim....esses bbs SÃO DEMAIS!! Parabéns....morri de rir com este post!!
    PS sobre amamntação eu fiz questão de SEMRE acordar pra dar mama no peito (não porque é o correto, mas porque eu gostava demais deste momento, indescritível) e está sendo muito difícil pra mim desmama-lo (digo pra mim, pois ele está ótimo) isso é bem pessoal, mas no próximo faria denovo, amamentar me fez muito bem!!

    ResponderExcluir
  7. Ai Dani....sóvc mesmo.....é isso aí chupeta caiu, só uma chacoalhada, passada na roupa, pronto já esterelizou...tb faço isso, essa Laura é uma verdadeira dorminhoca, q bom bbs precisam mesmo é dormir à noite, o Vi não dorme TANTOOO assim, vai ums 9hs por noite, mas tá bom, e de vez em qdo ele dá uma resmungada e eu não resisto Dani, vou coloco ele bem grudadinho em mim e ele dá um suspiro bem alto (hummmm) - AMO qdo ele faz assim e daí já era, tudo dura um minuto, é só um chamego (coisa de meninOOOs), na casa dos outros ele não faz assim....esses bbs SÃO DEMAIS!! Parabéns....morri de rir com este post!!
    PS sobre amamntação eu fiz questão de SEMRE acordar pra dar mama no peito (não porque é o correto, mas porque eu gostava demais deste momento, indescritível) e está sendo muito difícil pra mim desmama-lo (digo pra mim, pois ele está ótimo) isso é bem pessoal, mas no próximo faria denovo, amamentar me fez muito bem!!

    ResponderExcluir
  8. Dani, amei o seu post! Muito engraçado, verdadeiro.....parabéns! Você disse muita coisa que muita mãe, inclusive eu, temos vergonha de assumir! Adorei! Um beijão e estou esperando o seu email para marcarmos algo! Bju

    ResponderExcluir
  9. Prima, vc é doidaaa! kkkkk...
    Fiz tudo ao contrário, rsrsrs
    Adorei! Vc é d+++
    Obs.: Talvez a doida seja eu, né?
    Beijosss...

    ResponderExcluir
  10. Adoro sinceridade!!! Achei ótimo. Se todas as mães falassem mais claramente a realidade, ficaria mais fácil para muitas outras!!! Bjinhosssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  11. minha filha nasceu...
    ludymila victoria.....

    ResponderExcluir
  12. hahahah que incrivel ler seus post pq acho que no funfo no fundo tda mamãe gostaria de ter esse equilibrio...ainda não sou mamãe mas concerteza gostaria desse lema pra mim

    vinho+namoro+tv=minha vida"

    rsrs adoreii

    bejos e estou te seguindo

    ResponderExcluir
  13. Super concordo contigo. Sou uma pessoa já sem frescura, meu filho não nasceu ainda, mas acho que vou ser assim, minah mãe é assim, minha avó era assim, essa é a minha família, sem bobagem e sem frescura. Concentro as minhas frescuras na minha cachorra, já que ela não vai me dar dores de cabeça pelos mimos no futuro heheheheh
    Parabéns

    ResponderExcluir
  14. Oi Dani! Gostei muito do seu texto!
    E viva o equilíbrio, e viva a liberdade de sermos e agirmos baseado na nossas escolhas.
    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Vamos dar as maos e sair andando Dani. parece q era eu escrevendo este post. tb optei pela cesaria, markei data e tudo (1 dia depois de vc hahaha)e so me arrependo pela data marcada, pela cesaria nao, nao teria coragem de encarar o PN. Eu amamentei no peito ate mes retrasado ( qdo ele estava com 14m e meio), mas com uma semana ele conheceu o Nan pq de madrugada ele acordava pra mamar e dormia no peito antes mesmo de se satisfazer e matar a fome, entao pra nao virar um completo zumbi eu aderi a moda do Nan da madrugada... eu tb tinha mtas frescuras qto a higiene dele, mas agora ele so falta comer a terra do vasinho da vovo, pq fora isso...
    adoro vc bjssssssssss
    P.S. tomara q vc leia esse comentario, ja q o post eh tao antigo..

    ResponderExcluir
  16. Gostei da sinceridade. Olha eu tenho meus argumentos em defesa da cesária que fariam meu bloguinho ser excluído desse mundo virtual! Um dia eu escrevo sobro isso!
    Em alguns aspectos concordo com vc e em outros não, mas é isso que nos faz seres humanos e não robôs e no fim, dá tudo certo, do meu, do seu, de quase qualquer jeito!
    Bj

    ResponderExcluir
  17. Oi Dani, tudo bem? Já conhecia vc do MMqD, mas ainda não conhecia seu blog :)

    Fazendo um tour, encontrei esse post e amei a sinceridade. Concordo que temos que encarar a realidade, afinal, de que adianta vivermos (ou tentarmos) viver num mundo perfeito se ele não existe? Acho o equilíbrio fundamental e detesto extremismos.

    Só não consegui me abster de ter pena quando a minha chora. Não consigo ignorar, acho que se a criança chora, está tentando dizer alguma coisa :)

    Bjos

    ResponderExcluir
  18. Oi Dani, conheci teu blog tem pouco tempo, adorei como vc relatou teu PC e hoje comecei a ler teus posts e quando percebi tinha lido tudo!! kkk... Teu blog é muito bom, teu jeito de pensar tem muito a ver com o meu...
    Esse teu post então PERFEITOOOO!! Se todas as mães dessa mamísfera fossem assim verdadeiras, como seria bom!! Pq cá pra nós, dúvido e o dó que boa parte delas são esse antro de perfeição, simpátia, educação, e bons costumes. Hj infelizmente tem muita gente por aí que encaram certos assuntos como uma moda, ela nem sabe porque faz aquilo, mas faz pq tá na moda sabe? Vou ser natureba, vou ter meu bebê em casa, vou amamentar até meu filho completar 10 anos. E não é bem por aí, respeito e admiro quem faz tudo isso naturalmente, com conteúdo, do contrário, é o fim!

    Beijos querida, estarei sempre por aqui!
    Como foi a cirúrgia da pequena?? Que tudo tenha dado certo, e que o Papai do Céu e Nossa Senhora Aparecida esteja pertinho de vocês!

    ResponderExcluir
  19. Sou mãe de 1ª viagem, adorei seu depoimento, minha filha está com 3 meses e até hoje nino para dormir, a amamentação está com aleitamento materno e o Nan, por enquanto não consigo fazê-la dormir sozinha, mas...

    Osana/SP

    ResponderExcluir
  20. Descobri seu blog hoje... Achei o máximo esse depoimento. Isso é maternidade real. Estou grávida de 7 meses e meio de uma princesinha, Maria Elis, e espero ter equilíbrio nas decisões em relação à educação dela... Beijos!! :)

    ResponderExcluir
  21. Tudo muito verdadeiro! isso é admirável!
    Mas só para fazer pensar: parto normal não significa sofrer para dar à luz. Uma cesárea pode ser muito mais sofrida e dolorida.

    ResponderExcluir
  22. Lendo alguns dos seus post..encontrei esse daqui..e preciso dizer..ADOREI esse post rss
    Passeando pelo mundo blogueiro das mamaes "perfeitasss", e que acham q o mundo gira em torno do bebe e de como vc o pariu rss, fiquei aliviadaaa em encontrar alguem como vc.. q solta o verbo! Concordo com tudoo q disse! Ainda estou me adaptando com minha baby e confesso q não consigo deixa-la chorando (puderas neh, ela ainda tem 45 dias rs) E nem sei se consiguirei, pq meu marido tem horrorrr soh de pensar em deixa-la chorando..mas quero saber dosar bem as coisas..e conseguir faze-la dormir no quartinho dela quando a hora chegar! Ja falei para o meu marido q quero uma baba eletronica dessas com video..para que assim a ida para o quarto dela seja mais tranquila (para ela e para mim tbm)
    Parabéns pelo relato e pela coragem!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  23. O post é antigo, mas eu não posso deixar de comentar: o que vc escreveu lavou a minha alma, de verdade. Não sou dessas que sonha em ser mãe desde sempre, originalmente nem queria. Mas eu e meu marido estamos começando a " treinar" para engravidar, por isso comecei a ler os blogs sobre maternidade. E que pânico eles me deram. O pensamento geral que descobri é que se você não opta por parir em casa, gastar uma grana fora do plano de saúde, ficar sem peito porque amamenta há 3 anos e praticamente sem marido e trabalho, porque seu foco único na vida é o seu filho, você não é MÃE. O que tenho lido por aí quase me fez chutar o balde e desistir. Teu texto me colocou de volta na corrida. Muito obrigada pela sinceridade e, sim, MATURIDADE que teve ao escrever! Um beijo!

    ResponderExcluir
  24. Estou assustada com este texto e assustada com os comentários. Eu acho ótimo ter equilíbrio. Entendo que amamentar é difícil, principalmente quando se tem um bebê desnutrido. É difícil confiar no próprio corpo. Mas, deixar um bebê chorando por dias pra ensinar a dormir? Que dó! Que dó! Colocar o protetor auricular e ficar observando uma neném chorar pela babá eletrônica é a pior maldade de todas. Esse texto não é pra mostrar o quanto alguém é sincera, é apenas pra ter aprovação pro que não deveria ter aprovação nunca. :-(
    O texto termina com um "com equilíbrio", mas o que leio é apenas um desequilíbrio total em relação a tudo. Mais respeito à infância, pelo amor de Deus!

    ResponderExcluir
  25. Sabia que existiam pessoas loucas como vcê, que a gente não pode chamar de MÃE, porque MÃE é algo que você não sabe o que significa. Mas não imaginei que essas pessoas que tem filhos e que fazem essas loucuras que você fez (maus tratos, abandono e por ai vai com recém nascidos) tivessem a coragem de expressar seus atos com consciência da loucura que fizeram.

    As consequências na vida da sua filha (preste atenção: você machucou e maltratou a vida da sua filha; um ser que só queria carinho e atenção) serão eternas, e você ainda vai pagar por isso...

    Louca, maluca, descompensada....

    Espero que reveja os seus conceitos. E que não venha a ter outros filhos. Porque mãe uma pessoa como você nunca será.

    ResponderExcluir
  26. Nossa descobri esse blog agoraaaaaaaa!! Estou amando!!! Lendoum monte, mas sem estender algumas coisas, se ela dormia no berço quando foi que passou para a sua cama? O que aconteceu? Alguém pode mostrar?

    ResponderExcluir
  27. OIiiiiiii estou amando!!! Mas não entendi quando foi que ela passou para a sua cama? O que aconteceu?

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para viajar no comentário! =)
Ele será respondido por aqui mesmo, ok?

Beijas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 


up